A Azul Linhas Aéreas Brasileiras vai trabalhar com jatos Embraer modelo 195 no aeroporto de Ji-Paraná. A aeronave com 118 lugares começa a operar a partir de outubro com voos para Cuiabá e conexão para todas capitais do país, já podem ser adquiridos no site da empresa. Atualmente, a empresa opera com aviões turbo-hélice ATR72-600 de 70 lugares.

O anúncio foi feito ontem pela diretora de Relações Institucionais da Azul, Patrizia Xavier, e fazia parte do acordo costurado pelo senador Acir Gurgacz na Comissão de Infraestrutura do Senado, no âmbito da discussão sobre a redução da alíquota do ICMS do querosene de aviação.

O ACORDO FOI COSTURADO PELO SENADOR ACIR GURGACZ NA COMISSÃO DE INFRAESTRUTURA DO SENADO

“Como o Estado de Rondônia já tinha reduzido a alíquota do ICMS do querosene para 4% e as empresas não tinham cumprido o acordo de operar com jatos, reduzir as tarifas e ampliar a oferta de voos no interior do Estado, trouxemos essa discussão para uma audiência pública na Comissão de Infraestrutura e exigimos essas contrapartidas para colocar a matéria em votação”, contextualiza o senador Acir Gurgacz.

Além da audiência pública na CI, o senador Acir Gurgacz realizou reuniões na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e de representante do setor e da Azul com o Ministro dos Transportes, Maurício Quintella. “Esse era o desejo da população de Ji-Paraná e da região Central e Rondônia não medimos esforços para viabilizar essa conquista”, frisou Acir.

Com a entrada em operação dos jatos, a Azul passará de 420 para mais de 700 assentos semanais na rota Ji-Paraná/Cuiabá, o que representa um aumento de 60% na oferta de lugares. A empresa também manterá a operação em Cacoal com jatos do mesmo modelo.




CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here