O Hospital Municipal de Ji-Paraná está implementando um sistema digital que permitirá mais ordem e economia de tempo aos cidadãos que procurarem a unidade de saúde. Como foco na informatização, o paciente agora passa a ser monitorado desde o momento em que passa pela triagem ou pela recepção. O sistema também está funcionando na Urgência & Emergência, na Pediatria e também na Farmácia Popular.

São painéis eletrônicos que fazem a chamada e garantem o atendimento, exigindo que o paciente apenas acompanhe a sequência ali publicada.

O SECRETARIO RENATO FUVERKI ENFATIZA QUE ATENDIMENTO ESTÁ MAIS JUSTO

“Nós investimos na informatização do hospital como um todo, o que tem gerado rapidez no atendimento, eficiência e economia, principalmente na medicação da farmácia. Hoje temos um controle bem rigoroso, o que nos dá muita economia”, revela o secretário municipal de Saúde, Renato Fuverk.

“A partir de agora, o paciente que dá entrada aqui no HM pela recepção, passa a ser monitorado por um sistema informatizado, o que reduziu o fluxo de papeis. Cada médico tem o seu computador onde ele controla esse fluxo de acordo com a inscrição inicial da recepção. Aí ele já sabe pode onde o paciente foi indicado e que cuidados precisa ter”, completa Fuverki.

Com a implantação da nova sistemática, o Hospital Municipal vai poder implementar a classificação de atendimento, como requerem as novas normas do Ministério da Saúde para hospitais públicos.


O TEMPO DE ATENDIMENTO É INDICADO AGORA PELA COR

No total são quatro tipos de encaminhamento, definidos por cores, que passam a determinar o tempo de espera do paciente. O vermelho indica atendimento imediato; o laranja, atendimento em até 10 minutos; o verde, atendimento em até 120 minutos; e o azul, atendimento em 240 minutos.

“As pessoas passam a ser chamadas na ordem de acordo com o grau de risco avaliado na triagem, evitando que alguém pule a fila. Essa ordem é mantida religiosamente, o que torna tudo mais justo, tanto para quem está mais necessitado, como para aquela pessoa que já está aguardando na fila e sabe, agora, com segurança, que ninguém vai passar na sua frente”, conclui o secretário.

 

 

 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here