Imprensa internacional destaca queimadas em RO e interferência no clima de todo o país

0
34

Na página de buscas por notícias no Google a menção a Rondônia gera inúmeros resultados internacionais, e a causa é óbvia: a tragédia na Amazônia desencadeada pelas queimadas. 

A informação acerca do blecaute vespertino causado em São Paulo por conta das nuvens de fumaça que se deslocaram do Norte brasileiro ao sudeste reforçaram a proliferação dos dados ao redor do planeta Terra.

Sites noticiaram na última terça-feira (20): análises técnicas feitas por duas universidades mostrando que a água da chuva de cor escura, coletada por moradores de São Paulo nesta segunda-feira (19) após nebulosidade forte encobrir a cidade, continha partículas provenientes de queimadas.

A despeito das chuvas que começaram a cair sobre parte do estado, a administração do Palácio Rio Madeira ainda não anunciou oficialmente qualquer planejamento estratégico relacionado à contenção do problema.  

No site oficial da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam/RO), à exceção de uma publicidade institucional alertando sobre o óbvio (não faça queimadas), a pasta apresentou uma única veiculação relacionada ao desastre ambiental, reforçando ações de sua alçada em conjunto com o Corpo de Bombeiros.


Embora o Tribunal de Contas (TCE/RO) tenha admoestado e concedido prazo ao Estado de Rondônia a fim de que se manifeste a respeito do caos amazônico deflagrado por queimadas propositais e espontâneas e a subsequente fumaceira desencadeadas por estas, o agente penitenciário Elias Rezende de Oliveira, titular da Sedam/RO, silencia até o momento acerca de eventuais deliberações.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.