Implantação de Caps nos municípios do interior de Rondônia: sugestão de L. Gomes

0
5

Os Centros de Atendimento Psicossocial (Caps) são instituições destinadas a acolher pacientes com transtornos mentais, estimular sua integração social e familiar, apoiá-los em suas iniciativas de busca da autonomia e oferecer-lhes atendimento médico e psicológico. 

O parlamentar ressalta que a característica principal do Caps é integrar o paciente em um ambiente social e cultural concreto, designado como sendo seu território, um espaço onde se desenvolve a vida cotidiana de usuários e familiares, conforme classifica e identifica o Ministério da Saúde. 

“No entanto, essas unidades, que se constituem na estratégia do processo de reforma psiquiátrica, não estão sendo priorizadas por gestores públicos, ou por conta de outras demandas consideradas prioritárias ou por desconhecimento e até mesmo descaso”, declarou o presidente. 


De acordo com o parlamentar, a criação e o fortalecimento dos Caps já existentes devem ser incorporados urgentemente à agenda dos gestores da área da saúde, devendo também, priorizar o Caps Infanto Juvenil. 

“Em Rondônia apenas um, localizado em Porto Velho, encontra-se em funcionamento e atuando com precariedade em relação à parte operacional. Um dos maiores desafios da nossa proposta é justamente a consolidação desses serviços de atenção diária”, concluiu Laerte Gomes.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.