Após o atentado contra o candidato do PSL nas eleições 2018, Jair Bolsonaro, seu eleitorado se tornou mais convicto  –  o que reduz as chances de ele ficar de fora do segundo turno  –  e se concentrou ainda mais no segmento masculino. Os dados são de pesquisa de intenção de voto Ibope/Estadão/TV Globo divulgada na terça-feira, 11.

A parcela de bolsonaristas que afirmam que sua escolha é “definitiva e não mudará de jeito nenhum” deu um salto de 13 pontos porcentuais entre a pesquisa Ibope divulgada em 5 de setembro e a do dia 11. Na semana anterior, a ala convicta era 41% do eleitorado do candidato. Agora, essa taxa subiu para 54%.

Como observou Marcia Cavallari, diretora executiva do Ibope Inteligência, Bolsonaro “é o único dos candidatos que tem a maioria absoluta dos seus eleitores afirmando que esta é uma decisão definitiva”.

Além dos 54%, outros 19% dos bolsonaristas afirmam que a decisão de voto é “firme, mas poderá mudar no decorrer da  campanha”. O restante diz que “é uma escolha do atual momento, que durante a campanha poderá mudar” (13%) ou que “é apenas uma preferência inicial” (14%).

Outro sinal da cristalização do voto no candidato do PSL foi seu avanço na pesquisa espontânea, na qual os eleitores manifestam sua preferência antes de ler a lista com os nomes dos candidatos, Nessa modalidade, ele subiu seis pontos porcentuais, de 17% para 23%.




CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here