Homem avisa sobre blitz pelo celular e é preso pela polícia; não sabia que era crime

Muitos não sabem mas prática é considerada crime, previsto no artigo 265 do Código Penal

0
84

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fizeram nesta quarta-feira (26) uma prisão pouco comum. Eles detiveram um homem que divulgou, através do whatsapp  a realização de um comando de fiscalização de veículos em Porto Velho.

A blitz estava sendo realizada no km 58 da BR-319 (Avenida Imigrantes) quando os policiais desconfiaram do comportamento de um indivíduo. Feita a abordagem, o homem, que estava fazendo uso de tornozeleira eletrônica do sistema prisional, confessou ter tirado foto da equipe e divulgado a atividade em um grupo de um aplicativo de mensagens.

Ocorre que esta conduta realizada é considerada crime, previsto no artigo 265 do Código Penal, por atentar contra a segurança ou o funcionamento de serviço de utilidade pública. A prática pode dificultar a fiscalização policial e possibilitar aos infratores mais facilidade para a prática de atitudes ilícitas.

Diante disso, os agentes efetuaram a prisão do indivíduo, que, em seguida, foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil da capital rondoniense.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here