HISTÓRICO! Rebeca Andrade leva a prata e é a primeira ginasta brasileira a subir no pódio

Ginasta de 22 anos fica atrás apenas da americana Sunisa Lee no individual geral e se torna a primeira medalhista olímpica da ginástica feminina do Brasil

0
78

Um feito para sempre! A ginasta Rebeca Andrade conquistou, na manhã de hoje, quinta-feira (29), uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no categoria Individual Geral. Com a conquista a paulista de Guarulhos e de 22 anos se tornou a primeira brasileira a faturar um pódio em toda a história da participação do País no esporte. A americana Sunisa Lee ficou com o ouro, enquanto o bronze foi da russa Angelina Melinkova.

O dia da nova vice-campeã olímpica começou com o salto, sua especialidade, em que teve execução perfeita para receber 15.300 e sair na frente da disputa, mesmo com nota mais baixa que nas qualificatórias. Uma apresentação irretocável nas barras assimétricas, em série ainda mais difícil do que apresentou nas eliminatórias, manteve a brasileira na frente entre as 24 finalistas, com nota de 14.666.

Sua maior adversária, a americana Sunisa Lee, tirou a diferença no terceiro quesito, a trave. Rebeca chegou a figurar na terceira posição, mas um recurso em sua nota na trave — que passou de um duvidoso 13.566 para um ainda criterioso 13.666 — a colocou na vice-liderança antes do último aparelho, o solo.

Na decisão, agora, sim, com música, a americana fez uma prova perfeita, daí o ouro. Rebeca cometeu dois pequenos erros, que custaram 0.40 e valeram a prata, mas não tiraram o brilho de sua competição. Sua apresentação foi a que mais contagiou o público no ginásio. E a medalha coroa um caminho de glórias e finca o Brasil como uma potência mundial da modalidade.


A competição não contou com a presença da americana Simone Biles, que era favoritíssima ao ouro, se classificou com a melhor nota, mas desistiu de competir por problemas psicológicos. Ela ainda não informou se vai competir nas finais individuais por aparelho.

Outra brasileira em Tóquio, Flávia Saraiva se machucou durante as qualificatórias, mas beliscou vaga na decisão da trave. Rebeca disputará também as finais no solo e no salto.

Próximos eventos

Antes da final desta quinta-feira, a ginástica artística tinha dado outras três medalhas de ouro: o Comitê Olímpico Russo ficou com o primeiro lugar na competição por equipes masculinas e femininas. Já no individua geral feminino, o topo foi do japonês Daiki Hashimoto. A ginástica agora terá dois dias de folga e volta no domingo, com finais individuais em dois aparelhos para homens e dois para mulheres.

Veja mais fotos de Rebeca neste dia histórico:



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here