Governo leva serviço de emissão de RG a 43 municípios

0
39

Os irmãos Victor Gabriel de Oliveira, 9 anos, e Marcos Vinicius de Oliveira, 8, foram os primeiros a ter acesso à carteira de identidade retirada no posto de identificação inaugurado no município de Governador Jorge Teixeira na segunda-feira (22) a tarde. Instalado na sede da prefeitura, o posto é o 28ª unidade de atendimento implantada a partir de parceria com prefeituras mediante termo de cooperação.

“Em apenas 25 municípios de Rondônia o serviço de carteira de identidade era feito, em mais de trinta anos. Saltamos para 43, em dois anos de trabalho, e no final do mês chegaremos a 44, com Itapuã do Oeste. E daqui a 90 dias acredito que o governo de Rondônia, através do Instituto de Identificação Engracia da Costa Francisco, estará em 100% dos municípios”, disse o vice-governador Daniel Pereira.

A instalação dos postos de identificação, feita mediante termo de cooperação com prefeituras, está permitindo que as pessoas tenham o documento em menos tempo, e evitem deslocamento para outra cidade. No caso de Governador Jorge Teixeira, seus moradores se deslocam para Jaru e até mesmo Ji-Paraná.

A instalação de postos para oferta de carteira de identidade ganhou impulso há dois anos quando, nomeado diretor-geral a Polícia Civil pelo governador Confúcio Moura, o delegado Eliseu Mûller recebeu a missão de agilizar a emissão de identidade. O vice-governador Daniel Pereira iniciou articulação com prefeitos para implantar o serviço.

Servidora há mais de 10 anos do município, Fabiana Tavares Ferreira recebeu treinamento de 15 dias no Instituto de Identificação, em Porto Velho. “Gostei muito, é um serviço de cidadania importante, agora as pessoas de Jorge Teixeira poderão evitar deslocamentos e gastos”, disse.


Assistente social que trabalha no distrito de Colina Verde, Solange Boaventura disse que não apenas na área urbana o posto fará diferença mas também no campo. “É um serviço necessário, e sua falta afeta também os agricultores. A maioria deles não tem recursos para se deslocar de um lugar a outro. Estão de parabéns o governo e a prefeitura”, disse.

Segundo o vice-governador Daniel Pereira, a ideia é avançar ainda mais, fazendo com que, do requerimento do documento até o retorno ao cidadão, o tempo não ultrapasse sete dias. “Um projeto está sendo licitado, o uso da tecnologia favorece, e em pouco tempo acredito que Rondônia será um dos estados em que a emissão de identidade seja uma das mais rápidas do país”, avalia.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here