A partir da próxima semana, o Diário Oficial do Estado de Rondônia publicará a lista com nomes de 6,5 mil servidores que não fiz eram o recadastramento iniciado em outubro do ano passado. Eles terão salários bloqueados, mas poderão regularizar a situação logo em seguida a esse ato governamental. Deixaram de comunicar seus dados 6,5 mil pessoas. 

Na folha de pagamento de fevereiro próximo, Rondônia terá 48.189 servidores na ativa. A cada mês, servidores transpostos e aposentados são excluídos desse total. Dos 48,1 mil servidores, 41 mil enviaram documentação completa para o recadastramento e 21 mil foram aprovados, informou hoje (11) o diretor executivo interino da Superintendência Estadual de Gestão de Pessoas (Segep), Andrews José Vieira. “Tão logo se regularizarem, os bloqueados terão seus nomes retirados na lista, dez dias após a sua publicação no Diário Oficial”, garantiu.

Civis, militares ativos, emergenciais e comissionados, pertencentes ao quadro da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual, atualizam dados cadastrais no início de outubro do ano passado. No entanto, há situações pendentes que totalizam 14.329, somando-se aos reprovados.

Entre as falhas mais comuns constam a anexação de dois ou mais documentos num só arquivo eletrônico, quando o correto é individualmente; documentos ilegíveis; lotação incorreta. “As pessoas podem consultar os departamentos de recursos humanos [RHs], para receber orientação a respeito de cada caso”, avisou Andrews Vieira. Alertando: “Mesmo depois de recadastrado, o servidor deve acompanhar a sua situação pelo portal do servidor ”, reitera Viera.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here