Força-tarefa inicia coleta de lixo para evitar acúmulo por toda a cidade

0
8

Começou na noite desta terça-feira (4),a ação de força-tarefa reunindo as secretarias de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Meio Ambiente (Semeia) com a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Ji-Paraná (Coocamarji),  no esforço para a coleta do lixo doméstico do município.

A medida visa evitar o acumulo do lixo nas frentes das residências em decorrência do encerramento do contrato entre a prefeitura e a empresa Limp Serv.

Segundo a secretária titular da pasta do Meio Ambiente (Semeia), Jeane Muniz, infelizmente, não existia qualquer possibilidade para a prorrogação da parceria com a empresa Limp Serv, em decorrência de já haver um Chamamento Público em andamento, com o resultado a ser conhecido na próxima segunda-feira, 10. “A empresa ainda propôs prosseguir por mais três meses, mas a Procuradoria Geral do Município (PGM), entendeu não ser possível”, declarou Jeane Muniz.

A chamada Força Tarefa será coordenada por uma equipe de cinco servidores da própria Semeia. Já as coletas acontecerão na quarta, quinta, sexta-feira e sábado. “Acreditamos que a população não ficará desguarnecida enquanto a nova empresa não iniciar os serviços”, assegurou.

Coocamarji


Ainda de acordo com Jeane Muniz, já nesta noite de terça-feira (4), a equipe da Coocamarji iniciará a coleta, no período da noite nos seguintes pontos da cidade. BR-364, avenidas Marechal Rondon, avenida Transcontinental, avenida Maringá e parte do bairro Dois de Abril. Já as equipes da secretaria de Obras e Serviços Públicos estarão atuando em outros pontos da cidade a partir desta quarta-feira. O presidente da Coocamarji, Celso Luiz confirmou a informação da secretária.

Empresa

O representante da empresa Limp Serv, João Alex, que coordena as cidades de Ji-Paraná, Cacoal e Rolim de Moura informou que mesmo sem contrato sua empresa manteve os serviços até a manhã desta terça-feira (4), não sendo mais possível a continuidade.

Ele lamentou a interrupção, afirmando que a empresa nunca quis deixar de atuar neste município. Perguntado sobre o valor do contrato com a prefeitura de Ji-Paraná, o mesmo afirmou ser um pouco superior a R$ 2 milhões/ano, para uma coleta de 89 toneladas de lixo, diariamente. “Trabalhamos com 47 funcionários e seis caminhões compactadores”, afirmou.

O coordenador da Limp Serv ainda lembrou que a empresa irá participar da Chamada Pública, porque acredita ter feito um trabalho a contento junto a prefeitura, e principalmente, a comunidade. “Durante todo esse período de vigência do nosso contrato, pouquíssimas foram as observações sobre o nosso trabalho”, garantiu.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here