O pilotos e o co-piloto do avião com prefixo PT ICN, que decolou de Pimenta Bueno com destino à Santo Antônio do Leverger (MT), nesta sexta-feira (30), continuam desaparecidos. Eles são o comandante John e Marcelo Balestrin, de 40 anos.

Os familiares do piloto e co-piloto estão oferecendo uma boa recompensa em dinheiro para quem der informações que levem à localização dos pilotos.

Mais de 30 pessoas permanecem em buscas na região da Serra Mangaval, próximo aos municípios de Cáceres e Poconé, onde teria caído o avião. 

Segundo Edson Ribeiro, amigo da família, além de um avião do Esquadrão Pelicano de Campo Grande (MS) um outro tipo Caravan, da Cairú, dona do que  desapareceu, também auxilia nas buscas. 

As equipes de resgate estão tendo dificuldades no trabalho devido ao mau tempo na região. O auxílio de sitiantes e outros moradores da região onde o avião pode ter caído é fundamental para o sucesso do trabalho, segundo Ribeiro.


Qualquer informação sobre o acidente podem ser repassadas por telefone ou WhatsApp: (69) 98405-4392 (ligação); (69) 99264-9373 (Whats)(69) 98405-1419 (ligação e Whats)

De acordo com informações, a aeronave decolou às 5h15 da manhã. Grupos de aviação acompanharam o voo até certa de 150 quilômetros do destino pelas redes sociais, quando ele baixou a quatro mil pés sumiu do radar e perdeu contato com torre de controle.

A assessoria da Força Aérea Brasileira (FAB) enviou a aeronave da FAB para as buscas do avião. A operação de busca e salvamento é coordenada pelo Salvaero Manaus e se concentram na Serra do Mangaval, que fica a 150 quilômetros de Cuiabá,



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here