Uma família foi feita refém por quase nove horas durante um roubo na própria residência, localizada na zona rural de Ji-Paraná. De acordo com as informações, os suspeitos chegaram à casa na noite do último domingo (4) e só deixaram o imóvel na madrugada da segunda-feira (5). Do local, foi levada uma caminhonete, além de joias e um aparelho celular. Antes de ir embora, um dos bandidos ainda urinou em cima de um refém.

Conforme registro de ocorrência, as vítimas ligaram para a Polícia Militar informando que tinham sido roubadas na Linha 8 do Setor Itapirema. Quando a guarnição chegou à casa, na madrugada de segunda-feira, a família relatou à polícia que dois homens fizeram a abordagem criminosa por volta da 19h30. Uma das vítimas ouviu alguém batendo na janela e pensando ser algum vizinho abriu a porta.

Dois homens armados anunciaram o roubo e logo passaram às intimidações. As vítimas foram amarradas e deixadas dentro de um cômodo. Pouco tempo depois, um terceiro homem chegou e levou a caminhonete da família. Os dois homens permaneceram na casa, ingerindo bebidas alcoólicas e agredindo um senhor de 51 anos de idade com várias coronhadas na cabeça.

Durante todo o tempo que permaneceram ali, os dois suspeitos ligavam, possivelmente para o homem que havia levado a caminhonete, para saber se ele já havia chegado ao local planejado. Já de madrugada, os bandidos amordaçaram toda a família e deixaram o local. Em seguida, as vítimas ouviram um carro chegando e levando os suspeitos.

Em um dos quartos da casa, os bandidos picharam a sigla CVRL, que significa Comando Vermelho, facção criminosa fundada em 1979 que domina boa parte dos presídios do Brasil.


A PM foi acionada e compareceu e foi até o local. O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ji-Paraná, que já investiga o caso, mas ainda não tem informações sobre os suspeitos.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here