Localizado a 160 quilômetros de sua cidade sede, Porto Velho, a comunidade do distrito de Rio Pardo, está vivendo uma movimentação atípica nessa região nos últimos dias. O motivo foi a recente divulgação por meios não oficiais de que essa área abriga uma enorme reserva de diamantes.

Essa informação vem sendo rapidamente espalhada nas redes sociais e através do canal de vídeos no Youtube. Nas imagens, garimpeiros de todo o Brasil já estariam cientes dessa nova “mina de diamantes” que fica dentro de uma área de preservação ambiental e protegida por leis federais e estaduais.

Vale ressaltar que imagens e fotos que não são dessa região andam sendo divulgadas na internet como se fossem. No entanto, até o momento nada foi confirmado. Porém, moradores do distrito alegam sentir um aumento do fluxo de pessoas na região.


A principal preocupação é de que com a confirmação dessa informação o distrito se torne alvo de uma explosão migratória e conflitos relacionados à exploração dessa área de terra comecem a surgir, aumentado os índices de violência.

Na última sexta-feira (3) policiais militares e agentes do ICMBio bloquearam a pista que dá acesso à reserva onde supostamente está localizado o garimpo e impediu a passagem de garimpeiros que seguiam rumo ao sonho de encontrarem pedras de diamante que de acordo com vídeos que circulam na internet pesam mais de um quilo.

Materiais para a realização de garimpagem artesanal como picaretas, peneiras e pás, foram apreendidas e os garimpeiros retidos no início da estrada. O pequeno distrito está vivendo um momento atípico com uma grande movimentação de pessoas nessa localidade. 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.