Entidade denuncia que uso errado de remédios pode levar pacientes a óbito

0
37

Esta semana o programa e Notícias recebeu o dr. Liszt Jonney, médico reumatologista em Ji-Paraná e atual vice-presidente da Sociedade de Reumatologia de Rondônia (SRR), para uma conversa importante no que tange à saúde dos rondonienses. Ele concedeu uma entrevista aos jornalistas Fernando Pereira e Romão Moreno para falar do uso indiscriminado por parte de clínicos gerais do estado de remédios biológicos e imunossupressores. Estes medicamentos, segundo o dr. Liszt, deveriam estar sendo prescritos por especialistas, porque em doses e períodos errados podem até levar os pacientes a óbito. 

Em 2017 a SSR entrou com uma ação via Ministério Público para tentar suspender os efeitos desta prática, porém não obteve êxito. A entidade, então, contratou um escritório de advocacia que ingressou com outra ação, agora no Ministério Público Federal (MPF) como último recurso contra o desmando por parte da Secretaria Estadual de Saúde. Enquanto isso, o governo segue autorizando que estes medicamentos sejam prescritos de forma indiscriminada e perigosa.

EM TEMPO: a reportagem do Repórter RO entrou em contato com a assessoria de Comunicação da Sesau, mas não obteve resposta à solicitação de esclarecimentos sobre o tema em questão. Depois  encaminhou pedido de entrevista ao secretário estadual de Saúde, o médico Fernando Rodrigues Máximo, mas também não foi atendida. Acompanhe a entrevista acontecida esta semana onde o alerta foi dado à sociedade:

 

 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.