Quem anda pela extensa área da 6ª edição da Rondônia Rural Show logo se depara com um grande lago com mais de 3 mil metros de água e cerca de 50 metros de diâmetro. Também chama a atenção o barulho de um aerador borbulhando a superfície da água e também um grande canhão de irrigação disparando jatos à mais de dez metros. Detalhe: no lago há tambaquis, pirarucus e pintados.

ELES SÃO JOVENS EMPRESÁRIOS DA CIDADE DE ARIQUEMES

Tudo isso foi montado por iniciativa de quatro empresas de Ariquemes — a Dourada Engenharia; a Engeométrica; a GF Eletrobombas; e a RK Hora Máquina.  Juntas, elas alugaram duas tendas para oferecer ao cliente o ciclo completo para quem deseja um projeto integrado que permita um investimento responsável em piscicultura.

 “A engenheira de pesca faz o projeto, providencia laudos técnicos e periciais. Outra empresa escava o tanque; outra faz a topografia e a quarta empresa constrói o barracão, que é o ponto de apoio necessário para pessoas e equipamentos”, explica João Custódio Gonçalves, diretor da Estrutural Norte.

A BOMBA FLUTUANTE PODE SER ACIONADA PELO CELULAR

A ideia de formar um grande lago no recinto da exposição atraiu muita gente para o local, incluindo este repórter. Entre os equipamentos à disposição um chamou a atenção: é a bomba elevatória flutuante que pode ser comandada de forma remota pelo celular. Com capacidade de despejar 240 mil litros por hora, ela pode ser ligada mesmo que o seu dono esteja a vários quilômetros de distância. “Estamos muito satisfeito com a feira este ano. Estabelecemos contatos que devem fazer a gente trabalhar o resto do ano”, revela Carla Joner, que ao lado de Gelson Fagundes, comanda a GF Eletrobombas.

A ideia de escavar um lago foi tão boa que este quarteto de empresas antecipou que voltarão à Rondônia Rural Show em 2018 e devem fazer, pelo menos, mais uns três lagos, segundo a empresária Carla.


AS EMPRESAS ALUGARAM JUNTAS DUAS TENDAS


CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here