Uma missão de investidores da Coreia do Sul esteve durante esta segunda-feira (16) conhecendo as potencialidades de Ji-Paraná. Pela manhã a comitiva manteve reunião com o vice-governador do estado, Daniel Pereira (PSB), com o prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB), com o deputado estadual Airton Gurgacz, com o Presidente da Acijip Hugo Araújo e com empresários locais.

Aos investidores foram apresentados dados sobre oportunidade de negócios, mercado da piscicultura e cadeia produtiva do peixe, potencialidades do município de Ji-Paraná e do agronegócio no Estado. No parte da tarde, a comitiva fez visitas às empresas frigorificas instaladas em Ji-Paraná e também a indústrias alimentícias da cidade, além do centro tecnológico da Rondônia Rural Show.

O prefeito Jesualdo Pires afirmou que os principais atrativos apresentados aos investidores estão ligados a produção da agricultura, à cadeia produtiva do agronegócio, ao potencial das bacias hidrográficas e às características das cidades da região central do Estado e, especialmente de Ji-Paraná.

Já os sul coreanos apresentaram um sistema, traduzido como cidade inteligente, onde a iluminação de rua é composta com lâmpadas de LED, internet com wi-fi gratuito e vídeo monitoramento voltado a segurança pública; e um sistema de processamento de água voltado a agricultura, onde às moléculas de água são dividas, facilitando a absorção pela plantas, possibilitando maior produtividade nas lavouras.

Segundo expôs Marcelo Lee, sócio da empresa Rokgear korea, que atua no segmento de consultoria de negócios entre Brasil e Coreia, a intenção dos Sul Coreanos é a de ter parceiros no Brasil. “A intenção é investir e abrir mercados, prospectar novos negócios. Queremos parceiros brasileiros, especialmente rondonienses, porque é um Estado que tem muito a oferecer”, justificou.


O vice-governador Daniel Pereira disse que esses investidores vieram a Rondônia com a finalidade de investir no Estado, montando empresas e industrias aqui em Rondônia em parceria com os empresários rondoniense. “Diferente de outros Países, os Sul Coreanos buscam participar do mercado, desenvolvendo a tecnologia deles aqui no Estado. Não estão aqui para vender produtos, estão aqui para colocar a tecnologia deles a disposição do desenvolvimento do nosso Estado”, argumentou Daniel Pereira.

Os empresários permanecem em Rondônia até amanhã, terça-feira (17), quando a comitiva será recebida pelo governador Confúcio Moura, às 8h, e a seguir haverá uma exposição sobre as oportunidades de negócios que podem ser feitas entre a Coreia do Sul e Rondônia para representantes empresariais.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here