KITS CONTÉM EQUIPAMENTOS E REAGENTES QUÍMICOS QUE VÃO CONTRIBUIR PARA PRODUÇÃO DE INQUÉRITOS

As representações do Instituto de Identificação Científica e Criminal Engrácia da Costa Francisco (IICC), presentes nos 52 municípios rondonienses, começaram a receber kits com material de última geração para atender a perícia papiloscópica. O material foi entregue, nesta terça-feira (24), em cerimônia no auditório do Tribunal de Contas.

Os kits contém equipamentos e reagentes químicos que vão contribuir para melhorar ainda mais a produção de provas nos inquéritos. Os produtos foram adquiridos por R$ 650 mil.

O evento foi um momento de especial entre os peritos, que homenagearam os colegas aposentados e os que preferem continuar na ativa, apesar de terem atingido o tempo da inatividade pelo prazer de produzir perícia com qualidade.

A aquisição dos kits para a perícia criminal é, segundo o governador Confúcio Moura, parte de uma promessa de campanha para o primeiro mandato de governador. “A segurança pública é uma das minhas prioridades”, afirmou, destacando outras ações para melhorar o combate à criminalidade como o programa Rondônia mais Segura, elaborado a partir de propostas dos representantes dos organismos policiais. .

O governador também anunciou a construção do novo prédio do instituto, que já tem até terreno definido. “Será moderno e bonito”, garantiu. O dinheiro para a obra veio através de emenda parlamentar destinada pela bancada federal, sob coordenação do deputado federal Nilton Capixaba.


O deputado estadual Anderson do Singeperon, que é agente penitenciário, elogiou a iniciativa do governo do estado em melhorar a estrutura da perícia criminal em Rondônia. Para o presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Edilson Souza, a Polícia Civil já faz muito com poucos recursos. “Agora, previu, fará muito mais”.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here