Em homenagem ao Dia da Consciência Negra, comemorado hoje, 20 de novembro, acontece em Porto Velho três dias de eventos simbólicos com objetivo de promover atividades culturais que resgatam a memória, enaltecem a cultura afro-brasileira e fomentam o diálogo sobre questões de gênero e raça. As entradas são gratuitas.

O festival “Mulheres Compositoras”, com sons eruditos e temática afro-brasileira acontece no dia 22 de novembro. A programação contará com apresentações homenageando Chiquinha Gonzaga, Ilza Nogueira, Alaíde Costa e Cecília Nazaré. As artistas convidadas para interpretar as obras são Llitisia Moreno ao piano acompanhada pela voz de Aldenice Bento.

“A consciência está relacionada com a memória. Se não cuidar, a memória se apaga através do tempo, então são as ações educativas e culturais que lembram os seres humanos de não cometerem holocaustos, diásporas e as barbáries que nós humanos cometemos no passado”, diz Llitsia Moreno, uma das participantes do festival.

Nos dias 23 e 24, a programação conta com trabalhos de fotografia, literatura, música, performance, mesas redondas e exibição de filme fazendo referência a mulher negra.

Confira a programação:

Data Atração Horário Local
22/11 Mulheres compositoras 20h às 22h Teatro 1 do Sesc
23/11 Abertura Mulher negra na cultura 17h Sesc Esplanada
23/11 Performance “Seu Lixo” Sesc Esplanada
23/11 Exibição do curta “Orun Àiyé” 18h Sesc Esplanada
23/11 Mesa diálogos literários 18h30 Sesc Esplanada
23/11 As pastoras do asfaltão Sesc Esplanada
24/11 Abertura 16h Sesc Esplanada
24/11 Nossas vozes Sesc Esplanada
24/11 Mesa cultura e movimento 16h30 Sesc Esplanada
24/11 Nossas vozes 18h Sesc Esplanada
24/11 Inquietações 18h30 Sesc Esplanada

Ainda não há comentários, seja o primeiro.