Em Ji-Paraná Rio Machado sobe e já obriga famílias ribeirinhas a serem socorridas

0
617

O nível do Rio Machado atingiu neste domingo (17), a marca de 11,09 metros e já está deixando famílias desabrigadas em Ji-Paraná. No bairro Duque de Caxias, por exemplo, um dos mais afetados pela cheia do Machado, residências ficaram alagadas e os moradores usaram embarcações para sair de suas casas.

A Defesa Civil informou que, por enquanto, três famílias estão alojadas no ginásio de esportes Adão Lamota, no Segundo Distrito, e que várias outras seguiram para a casa de parentesA prefeitura de Ji-Paraná mobilizou funcionários de três secretarias para atender as famílias atingidas pela cheia. O trabalho de mudança de móveis foi realizado pela Secretaria Municipal de Serviços e Obras Públicas (Semosp) e a recepção, acomodação, alimentação no ginásio e entrega de roupas e colchões ficou a cargo da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). Tecnicos da Secretaria de Meio Ambiente (Semeia) também estão atuando.

Ainda na tarde de domingo a secretaria municipal de educação foi acionada para disponibilizar transporte as crianças, para que deixem de frequentar às aulas. 

A aferição realizada às sete horas desta segunda-feira (18), no Rio Machado, indicou que o nível de elevação das águas atingiu os 11,42 metros. As áreas consideradas de risco estão sendo monitoradas pelas equipes da Defesa Civil, formada por membros do Corpo de Bombeiros e de várias secretarias municipais. As áreas de risco compreendem parte do bairro Primavera, São Francisco, Centro, Casa Preta, Urupá, Novo Ji-Paraná, Vila Jotão e Duque de Caxias.

Em situações de emergência o telefone a ser acionado, dia e noite, é o 193, através do qual é possível mobilizar o Corpo de Bombeiros. 




CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here