Ela encontrou no esporte refúgio para a mente e vitória contra a depressão

0
7

“Quando estou para baixo, aí que eu vou mesmo”Essa é fala de Bruna Medeiros, de 23 anos, quanto à adesão à atividade física. Mais especificamente, a musculação tornou-se uma grande uma aliada para que a jovem possa vencer a depressão. Medeiros se mudou há sete anos de Manaus a Porto Velho e em cinco, encontrou a atividade.

“Vivo bem melhor porque a academia cansa meu corpo e descansa minha mente. Eu sofro muito de estresse e a academia ajuda nisso. Quando ‘tô’ pra baixo e desanimada ai que eu vou mesmo. A academia me dá autoestima. Com o corpo cansado a gente dorme bem melhor. Sofro de depressão. Então academia é uma aliada forte pra isso”, disse Bruna.

Ela afirmou que se sente muito bem depois de começar a se exercitar. Empolgada, a jovem deixa um recado animador para que outras mulheres possam aderir a uma atividade física. “Ainda dá tempo, não há idade para começar; se cuidar nunca é tarde.; ame-se,  cuide-se e corra atrás. Autoestima e saúde em primeiro lugar”, finaliza.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here