DRª ROSANA PEREIRA LIMA

A partir de hoje, uma vez por semana, a veterinária Rosana Pereira Lima, diretora do Hospital Pequenos Amigos e da Ong Amparo Animal, passa a responder aqui no Repórter RO  questões coletadas junto aos cidadãos sobre cuidados gerais com cães e gatos. A intenção é que as respostas sejam compartilhadas e, assim, possam servir a um grande número de pessoas interessadas em tratar bem seus animais de estimação.

Questões podem ser enviadas pelo whatsapp 9.9328-1521Vamos às perguntas e respostas desta seção de inauguração:

O QUE CAUSA A PRISÃO DE VENTRE EM CÃES E COMO TRATÁ-LA? Marih Lima, atendente do Herbário Paiol do Segundo Distrito, dona do Todinho, um Pintier mestiço com Bassê.

DRª ROSANA: O que causa a constipação, a prisão de ventre, é o alimento que o animal ingere. Alimentação com grande quantidade de proteínas, muita carne ou carne crua costumam criar este problema. Os alimentos com fibras são os mais indicados para evitar a constipação animal. Em alguns casos, o problema pode estar na digestão, outro fator que predispõe à constipação. Para o tratamento correto é necessário investigar bem o caso levando o animal a um veterinário. Ele vai examinar e avaliar toda a alimentação do pet e a ingestão de líquidos para ver direito a causa da impactação fecal nesses animais.


EXISTE GATO MUDO? Maria José, atendente do Rei do Pano, dona da Poly, uma gata de dois anos de idade.

DRª ROSANA: Não existe gato mudo se ele não for surdo. É a mesma coisa dos humanos. Os gatos só serão mudos se tiverem problemas de surdez. Gatos e cachorros brancos têm mais disposição a serem surdos.

AFINAL, AINDA É POSSÍVEL CRIAR UM CACHORRO SEM RAÇÃO HOJE EM DIA? Angela Andreia, prestadora de serviços domésticos. Ela é dona do Titio, de quatro anos.

DRª ROSANA: Sim, é possível. Antigamente não havia ração e, hoje, ao contrário existem muitos  tipos, incluindo aquelas de má qualidade. Alimento caseiro é muito mais indicado do que uma ração ruim, com baixa quantidade de proteínas e outros ingredientes. O bom alimento caseiro deve conter proteínas, carboidratos, vitaminas e sais minerais. A proteína é a carne; o carboidrato é o arroz, o fubá, o macarrão e a batata — as mais utilizadas; já as vitaminas e sais minerais são encontradas nas frutas e legumes e também na carne. Assim, será preciso oferecer uma alimentação balanceadas desses nutrientes ao seu animal. 

COMO TRATAR UMA INFECÇÃO NO NARIZ DE UM CÃO? Eronildo Fonseca, cabeleireiro e dono da Júlia, uma cachorra de quatro anos.

DRª ROSANA: As infecções no nariz costumam ter várias causas. Elas podem acontecer por conta de algum dente. A raiz de do dente canino,  por exemplo, vai até o seio nasal do cão. Mas, é preciso averiguar também se não se trata de um tumor ou de pólipos nasais. Então, o recomendado é uma consulta ao veterinário para um exame detido, fazer o exame de lâmina para que o especialista  saiba identificar exatamente a causa e ministrar o tratamento correto. Senão, a infecção pode tornar-se crônica, o que trará certamente mais dificuldade ao tratamento, uma vez que as bactérias podem ficar resistentes aos medicamentos aplicados.

CACHORROS TÊM PRIMEIRA DENTIÇÃO DE LEITE COMO OS HUMANOS EXIGINDO CUIDADOS ESPECIAIS? Rosinéia dos Santos, vendedora autônoma, dona de um Yorkshire Terrier chamado Bob Lee, de apenas quatro meses.

DRª ROSANA: Os cães têm dentição de leite sim e iniciam a troca pelos dentes incisivos, aqueles pequenos que ficam entre os caninos. Eles começam a substituir a dentição a partir de 4 a 5 meses e até os 10 meses eles estão com os dentes todos trocados.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.