Dois caminhoneiros sofrem SEQUESTRO na BR-364 em Rondônia

0
44

Ao tentar resgatar um motorista sequestrado por ladrões entre as cidades de Pimenta Bueno e Vilhena, na manhã desta quarta-feira (6), a polícia encontrou um outro caminhoneiro que havia sido vítima do mesmo tipo de crime.

O primeiro a ser encontrado foi Ualansy Coutinho Machado, 34 anos, seqüestrado num posto de combustíveis na BR 364. Ele transportava um carregamento de 60 mil litros de óleo diesel de Porto Velho para Vilhena, quando foi dominado. O cavalinho que puxava a composição já foi recuperado.

Ualansy, conhecido como “Nego”, estava amarrado em um matagal próximo à entrada da usina do rio Apertadinho. Um homem havia ficado cuidando dele, enquanto o comparsa fugia com o caminhão roubado. O suspeito fugiu quando a polícia apareceu no local do cativeiro.

Na mesma região, os policiais que haviam iniciado as buscas pelo primeiro caminhoneiro encontraram o cuiabano Gilvan Sperancete de Araújo, 24 anos. Ele também estava amarrado e o vigia que fazia sua guarda conseguiu escapar e se embrenhar na mata.

Gilvan contou que estava levando uma carga de secos e molhados até a capital matogrossense, onde mora, quando deu carona para dois desconhecidos na cidade de Pimenta Bueno. No meio trajeto até Vilhena,  ele foi rendido e, enquanto um dos caroneiros fugia com o veículo, o outro dava cobertura.


Ambos os motoristas seqüestrados foram levados para o quartel da PM no distrito do Guaporé, a 90 km de Vilhena, e passam bem. As buscas nas matas pelos dois suspeitos de ajudarem nos seqüestros continuam.

Segundo as informações colhidas até agora, um episódio criminoso não tem ligação com o outro.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here