Diretor de imunização tranquiliza população sobre a febre amarela

0
131

A procura pela vacina contra a febre amarela em Ji-Paraná aumentou por conta dos casos da doença registrados na região sudeste do país, que não oferecem a vacina como rotina. Segundo o diretor da Divisão de Imunização do município, Rafael Araújo, a corrida às UBS é desnecessária, pois Rondônia não tem registrado nenhum caso da doença.

“A vacina está disponível nas Unidades em Ji-Paraná, pois faz parte do calendário vacinal recomendado pelo Ministério da Saúde. Mas não há necessidade da população se preocupar, pois temos uma cobertura vacinal no município de quase 100%”, explicou o diretor.

RAFAEL ARAÚJO, DIRETOR DE IMUNIZAÇÃO DE JPr

Segundo Rafael isso significa que se houver algum caso de febre amarela no estado, a chance da doença se espalhar em Ji-Paraná é pequena. “Repito, não temos nenhum caso da doença registrado no estado, não estamos fazendo campanha de vacinação e não estamos vivendo um surto de febre amarela“, enfatizou o diretor.

A orientação da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), é que as pessoas que pretendem viajar para São Paulo e não tomaram nenhuma dose da vacina ao longo da vida, procure uma UBS para fazer a imunização. Quem já tomou a dose, mesmo quando criança, não precisa da vacina novamente.

O Ministério da Saúde recomenda que uma dose seja suficiente para proteger a pessoa por toda a vida. O excesso da vacina no organismo pode gerar efeito contrário e fazer com que a pessoa adquira a doença.


A vacina contra a Febre Amarela é aplicada em crianças de nove meses, não sendo necessária outra dose quando adulta, como era antigamente. Todas as salas de vacinas de Ji-Paraná oferecem a imunização gratuitamente. O horário de atendimento é das 7h30 ás 13h30, de segunda a sexta-feira. É necessário que a pessoa leve o cartão do SUS, documentos pessoais e a carteira da vacinação.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here