Diante de menor nº de atendimentos, Prefeitura alerta: CUIDADOS PRECISAM CONTINUAR

0
11

Nos últimos dias Ji-Paraná vem registrando um declínio na procura por atendimento de pacientes com sintomas do novo coronavírus (Covid-19). Nas redes sociais, moradores compartilharam fotos que mostram a ala da Triagem Covid do Hospital Municipal Dr. Claudionor Couto Roriz sem nenhuma fila.

Segundo o titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Ivo da Silva, a diminuição das filas é um reflexo do comportamento das pessoas e da campanha de vacinação, que já atingiu mais de 10 mil moradores.

“Os números começam a baixar, mas não podemos relaxar de maneira nenhuma. Temos que continuar com todos os cuidados de higiene e evitando aglomeração, para que os casos e a procura no HM não voltem a crescer vertiginosamente”, alertou Ivo da Silva.

Desde o início da campanha de vacinação, a Divisão de Imunização da Semusa já vacinou 10.618 pessoas, entre idosos com mais de 65 anos, profissionais da Saúde, agentes de Segurança Pública e população indígena. Este número representa cerca de 8,1% da população do município, de acordo com a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Estamos conseguindo dar celeridade ao processo de imunização dos moradores de Ji-Paraná. Nesta semana aplicamos a segunda dose em idosos com mais de 75 anos e iniciamos a imunização de agentes da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal. Com a chegada de novas doses, vamos conseguir abranger uma parcela ainda maior da população”, destacou o titular da Semusa.


Segundo os dados do Boletim Epidemiológico desta quinta-feira (8), desde o início da pandemia, Ji-Paraná registrou 13.724 casos confirmados, com 12.557 casos recuperados e 1.094 ativos. Ao todo, 363 ji-paranaenses perderam a vida por complicações causadas pela Covid-19.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here