Detran faz balanço da Operação Lei Seca na região central do estado

0
49

Foram abordados 339 homens e 74 mulheres  e destes, 45 motoristas flagrados com sintomas de embriaguez. Também foram recolhidas 79 carteiras de habilitação e 55 Certificados de Registros de Liberação de Veículos (CRLV). Outros 44 condutores foram surpreendidos sem habilitação e outros 11 com o referido documento vencido.

Estes são dados do balanço da operação Lei Seca desencadeada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran RO) em parceria com a Polícia Militar, com Polícia Rodoviária Federal e com órgãos fiscalizadores do trânsito dos municípios.

Os condutores presos foram sempre encaminhados para as delegacias de Polícia Civil, onde foram indiciados e alguns ficaram encarcerados. Desse total, apenas quatro eram mulheres.

De acordo com a estatística do órgão, em Ji-Paraná, as blitz (exclusivamente) da Lei Seca foram realizadas nas cidades de Ji-Paraná, Ouro Preto e Presidente Médici.

Para o chefe da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Ji-Paraná, Antônio Lira Borges, o resultado mostra a pura necessidade da intensificação da operação Lei Seca na região central do Estado. Segundo ele, os números do primeiro semestre não foram maiores porque o trabalho de fiscalização começou apenas a partir do mês de maio.


“Acredito que neste segundo semestre os índices irão aumentar bastante. Lamentavelmente, o condutor só acredita que irá cair na fiscalização quando se depara com ela. Precisamos nos conscientizar que álcool e direção não combinam”, concluiu. Na última operação Lei Seca, em Ji-Paraná, também ocorreu um flagrante de porte de entorpecente tendo o acusado sido levado à delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here