Delegação de RO nas Paralimpíadas Escolares tem 56 atletas

]Estado está competindo com alunos paratletas nas modalidades de atletismo, bocha, tênis de mesa, judô e nataçã

0
16

Dedicação e preparação com a motivação pelo esporte movimenta cada paratleta de Rondônia que está vivendo o sonho de participar da edição 2019 da Paralimpíadas Escolares que estão acontecendo durante toda a semana, no Centro de Treinamento Paralímpico, na cidade de São Paulo (SP).

A cerimônia de abertura aconteceu nesta terça-feira (19) às 19h30, no Pavilhão Oeste de Exposições do Anhembi. A partir de hoje (20), as disputas estão sendo realizadas no CT Paralímpico, em São Paulo. O Governo de Rondônia garantiu todo o transporte dos alunos paratletas e treinadores, desde o deslocamento da cidade de origem. A delegação de Rondônia está hospedada no Hotel Holiday INN, juntamente com delegações de outros estados.

A finalidade das Paralímpiadas é estimular a participação dos estudantes com deficiência física, visual e intelectual em atividades esportivas de todas as escolas do território nacional, promovendo ampla mobilização em torno do esporte.

A delegação de Rondônia desembarcou na cidade sede das Paralimpíadas na manhã da última segunda-feira (18), trazendo 56 componentes entre técnicos e alunos paratletas das escolas das redes estadual, municipal e particular, e da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

O Estado está competindo com alunos paratletas nas modalidades de atletismo, bocha, tênis de mesa, judô e natação. Eles são acompanhados durante o ano por professores das modalidades esportivas, preparados por meio de etapas classificatórias (competições municipal, estadual e regional), para competirem em nível nacional nas Paralimpíadas.


As Paralimpíadas Escolares também representam vitrine para revelar valores como aconteceu com o rondoniense Mateus Evangelista, um dos principais paratletas do Brasil em competições internacionais. Ele tornou-se um referencial para os jovens paratletas de Rondônia que hoje buscam mostrar seus potenciais. Mateus Evangelista alçou voos maiores a partir da Paralimpíadas Escolares logo no início de sua trajetória.

As Paralimpíadas Escolares tiveram a sua primeira edição em 2009. Este é o maior evento mundial para crianças com deficiência em idade escolar. Talentos do para desporto brasileiro já passaram pelas Escolares e também são ícones para os jovens paratletas.

O chefe da delegação rondoniense, Ítalo Rodrigo, enalteceu a participação de cada aluno paratleta e chamou a atenção para a importância do apoio e incentivo que o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação, tem dado. 

“O esporte paralímpico é um movimento que está crescendo a cada ano. O Governo de Rondônia está trabalhando para que o Estado mantenha os melhores resultados, ou seja, para que ocorra uma evolução. No ano passado, por exemplo, Rondônia ficou em quinto lugar na classificação geral. O bom, é saber que estamos sendo referência para outros Estados pelo trabalho e organização que apresentamos todos os anos nas Paralimpíadas Escolares”, disse Ítalo.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here