Defesa Civil diz que estado é de alerta total e pede que pais tenham muito cuidado com filhos

0
133

A Defesa Civil de Ji-Paraná informou agora pela manhã que o nível do rio Machado está baixando e seu nível está em 11,54. O estado de alerta, no entanto, continua vigendo, porque novas chuvas estão previstas e o temor é que elas aconteçam na cabeceira do Rio Machado, o que pode agravar da cidade nos próximos dias.

Até o momento nove famílias estão abrigadas no Ginásio Adão Lamota, no Segundo Distrito, e outras 27 pediram para ser socorridas. 

“Devemos lembrar que o período chuvoso vai até março ainda. Por isso, nosso plantão é constante. Pedimos especial cuidado com as crianças. O trabalho tem de ser redobrado porque as crianças não têm noção do perigo. Os adultos é que têm. As crianças ficam brincando na água da enchente e ali podem ter contato com arraias e peixes-elétricos. Por isso, pedimos aos pais que tenham muito cuidado com os seus filhos”, afirma Meire Zanettin, coordenora da Defesa Civil em Ji-Paraná, em entrevista à TV Ji-Paraná.

Este alerta vale para que não se repita a tragédias como a que vitimou Raissa Ramos Broccoli, de apenas 1,5 ano, que estava em casa nesta terça-feira (19), mas caiu no Rio Machado a partir de uma abertura do assoalho.Por isso, nesta manhã de terça-feira (20) os bombeiros voltaram a fazer vistorias em várias residências de ribeirinhos em busca de pessoas e situações de vulnerabilidade. 

Não falta muito para que o nível de 11,65 m seja atingido, marca registrada em  2014, quando a enchente do Rio Machado também causou muitos incômodos. São cerca de sete os bairros afetados pela enchente: Duque de Caxias, São Francisco, Centro, Primavera, Casa Preta, entre outros.




CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here