Na IV Conferência Municipal de Cultura de Ji-Paraná, realizada no última última sexta-feira (9), na Câmara Municipal, foram eleitos 16 delegados que representarão Ji-Paraná na Conferência Estadual de Cultura, que acontecerá nos dias 18 a 20 de outubro, em Cacoal.

O evento norteou-se pelos seguintes eixos temáticos: a implementação do Sistema Municipal de Cultura, a produção simbólica e diversidade cultural, cultura e desenvolvimento, cidadania e direitos culturais. O tema foi da conferência foi “Uma política de Estado para a Cultura: desafios do Sistema Municipal e Estadual de Cultura”.

A presidente da Fundação Cultural, Keila Barbosa, ressaltou que a Conferência teve o objetivo de discutir, elaborar e apresentar propostas que aperfeiçoem as políticas públicas culturais em nível municipal e estadual.

“Nossa intenção é a implantação dos Sistemas Municipal e Estadual de Cultura, contando com a participação das representatividades culturais, atores e fomentadores culturais e da sociedade como um todo. Foram alinhadas várias propostas em nível municipal e estadual”, disse.

“Durante a Conferência Estadual, em outubro, iremos receber 10 técnicos culturais do Governo Federal para nos orientar em formato de oficina sobre o Sistema Nacional de Cultura e políticas púbicas para o setor”, disse o Francisco Santos Lima, coordenador do Sistema Estadual de Cultura.


Para Ana Lúcia Teixeira, coordenadora geral do Projeto Orquestra em Ação da Associação de Amigos da Orquestra, este foi um espaço democrático de participação, especialmente das Organizações da Sociedade Civil.

“Reunimos neste espaço democrático pessoas que vivem a mesma realidade e que podem criar novas possibilidades de fortalecimento da nossa cultura local. Um exemplo é o resgate da história local e a valorização por meio de ações que envolvam o poder público, a sociedade civil e a população como um todo”, salientou.

Participaram da abertura oficial da Conferência a presidente da Fundação Cultural, Keila Barbosa, a deputada federal, Silvia Cristina (PDT), o vereador Obadias (DEM), o coordenador do Sistema Estadual de Cultura, Francisco Santos Lima, o representante da UNIR, Marcelino Pereira, a gerente do Sesc, Ilsandra Garcia, a presidente do Projeto Sonho Meu da Fundação Ji-Cred, Angelita Barbosa, a professora do IFRO, Drª. Lediane Felski e a representante dos artistas de Ji-Paraná, Esther Banagouro.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.