Concurso IBGE é adiado para 2021; taxas pagas serão devolvidas em maio

0
14

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) comunicou o adiamento do Censo Demográfico para 2021. A medida foi tomada, de acordo com o próprio órgão estatal, “em função das orientações do Ministério da Saúde relacionadas ao quadro de emergência de saúde pública causado pelo COVID-19”.  Consequentemente, o concurso IBGE está cancelado em 2020, restando continuar estudando para uma nova seleção em 2021.

A instituição considerou que a atividade de pesquisa é basicamente domiciliar e presencial, “com estimativa de visitas de mais de 180 mil recenseadores a cerca de 71 milhões de domicílios em todo o território nacional”.

Além disso, se vê impossibilitada de realizar todo o treinamento dos supervisores e recenseadores para a operação censitária. Com o agravamento da situação de emergência na saúde pública, não haveria tempo hábil para começar esse processo, que teria a primeira etapa iniciada em abril de 2020.

Os candidatos que já pagaram a taxa de inscrição ao concurso IBGE serão reembolsados. A estimativa é que as devoluções comecem a ser feitas em 18 de maio próximo, conforme trâmites entre Cebraspe e IBGE.

Concurso IBGE preencherá 208.695 vagas

Os dois editais publicados e coordenados pelo Cebraspe (nº 2/2020 e 3/2020) ofertavam um total de 208.695 vagas para suprir as demandas do Censo Demográfico, que estava previsto para 2020. A distribuição das vagas do processo de seleção simplificada seria a seguinte:


  • 5.462 vagas para a função de Agente Censitário Municipal (ACM);
  • 22.676 vagas para Agente Censitário Supervisor (ACS); e
  • 180.557 vagas para Recenseador.


CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here