Com VetMóvel Ong Amparo Animal faz primeira intervenção no Rondon I

0
441

Neste final de semana a equipe da ONG Amparo Animal estreou o trailer VetMóvel, adquirido exclusivamente para missões de castração de pets pelos bairros da cidade. Esta primeira ação  deu-se das 8 às 12 horas, na praça de lazer do Residencial Rondon I, no Segundo Distrito da Cidade, no sábado (24) e no domingo (25).

Das 30 inscrições feitas no primeiro dia, 25 animais foram examinados e aprovados para serem operados e 5 voltaram para casa porque portavam alguma enfermidade. Eles foram devidamente medicados e deverão retornar para fazer o procedimento dentro de 15 dias. Todos os animais foram submetidos a hemogramas completos.

A vereadora e presidente da Amparo Animal, a médica veterinária Rosana Pereira, trabalhou com uma equipe de cinco voluntários, que foram: as estudantes de medicina veterinária Cleicione, Estefânia e Daiane; o médico veterinário Esdras Monteiro; e Andreia Bastos, encarregada da triagem de recepção dos os donos e seus respectivos animais, bem como da entrega das receitas para o tratamento pós-operatório.

“Todo o nosso trabalho é gratuito, tanto a consulta inicial quanto a cirurgia. Não recebemos nenhum recurso da prefeitura. Só os remédios é que não são de graça, mas eles são muito baratos e podem ser comprados em farmácias comuns. Custam em média de R$ 20 a 30 reais. Mas quem quiser nos ajudar pode fazer compras no Bazar da Ong Amparo Animal, de segunda a sexta-feira”, disse a drª Rosana.

Já no domingo os animais eram recepcionados, identificados e depois seguiam para o interior do trailer, na sala pré-operatória, onde era feita a tricotomia, aquela raspagem dos pelos, cujo objetivo é limpar e desinfetar a área da operação. Depois, sob anestesia, eram transferidos para sala de cirurgia e, uma vez liberados, ficavam em observação na saleta do pós-operatório.  


Fêmeas exigiam cerca de 10 a 15 minutos para serem castradas; já os machos não precisavam de mais de 5 minutos.Depois, os pets  eram devolvidos aos seus respectivos donos e ganhavam uma receita com alguns remédios e antibióticos para garantir a recuperação do pet. Todos os animais precisam retornar em uma semana para retirada dos pontos.

O Vetmóvel deve ficar no Rondon I por mais duas ou três finais de semana, para dar conta da grande demanda. Depois, será rebocado para o Rondon II e para o Capelasso. Após essa etapa, o trailer e a equipe da Amparo Animal seguem para o Primeiro Distrito onde as castrações deverão acontecer, inicialmente, no Bosque dos Ipês.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here