A Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) de Ji-Paraná realizou nesta manhã de quinta-feira, em sua sede, no Segundo Distrito, uma cerimônia para marcar a chegada de quatro computadores, doados pelo projeto Superando Fronteiras, gerenciado e aplicado pela Associação de Voluntários de Serviços Internacionais (AVSI). O evento reuniu autoridades do Poder Judiciário, integrantes da diretoria da Apac, jornalistas, professores, voluntários e muitos convidados.

Também aconteceu hoje pela manhã uma aula inaugural de Informática Básica com estas máqinas, ministrada pelo professor da Unir, Nério Aparecido Cardoso, vice-chefe do Departamento de Matemática e Estatística no campus de Ji-Paraná.

Na solenidade de entrega manifestaram-se Wilen Aguiar, presidente da Apac de Ji-Paraná; Humberto Ferreira, presidente do Conselho de Sinceridade e Solidariedade; e Marina Claus, representante da AVSI. Depois um coral formado pelos recuperandos entoou várias canções e, em seguida, foi servido um lanche a todos os presentes.

O projeto Superando Fronteiras gerencia recursos financeiros da União Europeia para promoção dos direitos humanos. “A Associação de Voluntários de Serviços Internacionais tem sede na Itália e atua em vários países. Por isso, conseguiu recursos da União Europeia que ajudam Apacs de vários estados aqui no Brasil como Rondônia, Minas Gerais, Maranhão, Paraná e Espírito Santo”, explicou Marina Claus. “O apoio financeiro tem sido usado para melhorar a infra-estrutura com o objetivo de aperfeiçoar a aplicação da metodologia das Apacs. Aqui em Ji-Paraná ele ajudou na aquisição destes quatro computadores modernos com acesso à internet”, reiterou Marina.

Para a promotora de Justiça Eiko Danielli Vieira, esta iniciativa traduz com convicção que o sistema prisional pode de fato recuperar pessoas. “Com estas parcerias, este amparo, esta preparação que estes computadores e os instrutores vão propiciar, o apenado tem condição de voltar para a sociedade recuperado. É o grande objetivo do nosso trabalho”, enfatizou


Wilen Aguiar, o presidente da Apac, ficou muito agradecido e impressionado com esta doação: “São recursos que vêm lá da Europa, de pessoas que não nos conhecem. É muito bonito isso, afinal a causa é mais do que nobre, trata-se da  reintegração de pessoas ao convívio da sociedade ”, frisou.

A seguir veja imagens do evento desta manhã colhidas pelo repórter Marcos Lock:

 

 

 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here