Por Chico Limeira

A chegada do novo treinador, Karmini Colombini, além da presença em campo dos primeiros reforços, deram uma nova cara ao time do Ji-Paraná Futebol Clube. E o resultado se viu na expressiva vitória do time sobre o Barcelona Futebol Clube, de Vilhena, por 5 x 2, no sábado à noite, no estádio Antonio de Abreu Bianco, o Biancão. Com a vitória o JPr FC subiu uma posição, deixando a incomoda lanterna para o Guajará, que perdeu para o VEC por 2 x 1, no Portal da Amazônia.

Precisando dar uma resposta rápida para a  sua torcida, o time do Ji-Paraná entrou em campo  bastante focado, com uma postura mais agressiva, marcando forte e buscando as jogadas de ataque com velocidade. Em muitos momentos surpreendeu a equipe do Barcelona, que veio para a partida com uma proposta de cadenciar o ritmo e apostando na desestruturação emocional do time da casa.

Assim, logo nos primeiros minutos, Assis faz boa jogada pela esquerda e cruzou na área. Walker apareceu livre e não desperdiçou a oportunidade para fazer Ji-Paraná 1 x 0 . A abertura do placar logo cedo deu confiança ao Ji-Paraná, que continuou pressionando. Momentos depois Assis foi lançado na frente, invadiu a área e com categoria marcou o segundo do JPr FC na partida.

O Ji-Paraná desacelerou e cedeu espaços para o Barcelona que começou a “gostar do jogo”. Numa bola ajeitada na entrada da área, Emerson acertou o ângulo, sem chances para o goleiro Roger Paranhos e marcando o primeiro do time de Vilhena.  Com o gol, o confronto ficou mais aberto, com o Ji-Paraná saindo mais para o jogo. Numa boa jogada tentando surpreender o goleiro adversário, Assis, dominou e virou batendo; no susto o goleiro Douglas espalmou e Paulo Luna tocou para Walker marcar mais um: Ji-Paraná 3 x 1.


A equipe do Ji-Paraná ainda ampliou nos acréscimos do primeiro tempo. Em cobrança de falta ensaiada, a bola toou no travessão e o zagueiro Herbert mostrou oportunismo, pegando a sobra e mandando a bola para as redes do Barcelona: 4 x 1 para o Ji-Paraná foi o expressivo placar já no primeiro tempo.

OS TIMES VOLTARAM  do intervalo com o Barcelona querendo reverter a situação. O Ji-Paraná retraiu-se e aceitou a pressão em seu campo de defesa, sendo sufocado nos 15 primeiros minutos iniciais. Aos 11 minutos, em cobrança de falta frontal, próximo a área, André acertou o canto, descontando para o Barça de Vilhena.

Com as mudanças feitas pelo técnico Karmino Colombini, o Ji-Paraná voltou a equilibrar as ações. Xavão, do Barcelona fez falta violenta em Maranhão e, como já tinha cartão amarelo, acabou expulso. O Jipa aproveitou a vantagem numérica em campo e fechou o placar do jogo com o gol do Tukinha: 5 x 2.

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado (31), às 20h, no estádio Portal da Amazônia, em Vilhena, abrindo o segundo turno do Campeonato Rondoniense 2018.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here