O governo de Rondônia tomou medidas mais sérias para conter o avanço do novo coronavirus no estado. Agora, com o Decreto nº 24.887, de 20 de março de 2020 fica proibida a aglomeração de cinco ou mais pessoas, sua permanência e trânsito em áreas de lazer e convivência, pública ou privada, inclusive em condomínios e residenciais e em templos de qualquer igreja.

No último sábado (21), policiais militares estavam nas ruas de Porto Velho orientando aos lojistas o fechamento dos estabelecimentos, para evitar aglomerações de pessoas, conforme ficou estabelecido no Decreto que também proibiu o funcionamento de cinemas, teatros, bares, clubes, academias, banhos (balneários), boates, restaurantes, galerias de lojas e comércios, shopping centers, centros comerciais.

Durante esse período de quarentena os rondonienses precisam se ausentar de parques e locais turísticos para evitar aglomeração de pessoas.  “Estamos vivendo um período difícil em nossa história. A vida seguia de forma normal e, de repente, precisamos desacelerar e nos acostumar com uma nova rotina. É importante escutar nossas autoridades e cumprir a determinação. Ficar em casa é a melhor maneira de ajudar neste momento. É uma forma de pensar e agir pelo bem de todos”, explica a empreendedora Camila Vanessa Mendes da Silva.

Ficou autorizado o funcionamento de açougues, panificadoras, supermercados, caixas eletrônicos, clínicas de atendimento na área da saúde, farmácias, consultórios veterinários, postos de combustíveis, atacadistas, distribuidoras, indústrias, oficinas mecânicas e autopeças.

Decreto também orienta que seja respeitada à distância minima de dois metros entre as pessoas, exceto, quando houver necessidade para atendimento de saúde humanitária ou pessoas da mesma família.




CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here