A segunda subestação móvel da Energisa em Rondônia chegou à Ji-Paraná nesta segunda-feira (12), após percorrer quase 3 mil km desde a fábrica em Jaraguá do Sul – SC. A potência de 12,5 MVA tem capacidade para fornecer energia para 20 mil casas populares por tempo indeterminado.

O equipamento de quase R$ 7,8 milhões pode ser deslocado para atender diferentes regiões e vai manter o fornecimento de energia aos clientes quando for necessário desligar a subestação fixa para manutenção.
Gerente do departamento de Alta Tensão da concessionária,

Filipe de Oliveira, explica que os componentes das subestações passam por deterioração, como qualquer equipamento, e precisam de reparos antecipados. “Assim como o motorista faz a revisão do seu veículo para mantê-lo em bom funcionamento, a concessionária de energia aposta em manutenção preventiva para evitar falta de energia”, disse. O equipamento moderno também reduz o tempo de interrupção emergenciais.

A subestação possui sistema de automação completo para comando e supervisão local e remota interligado ao Centro de Operações Integrada em Porto Velho, proporcionando praticidade e segurança. “A estrutura da subestação móvel é complexa e requer operação de profissionais especializados. Optamos por uma estrutura menor fisicamente e articulada para facilitar o acesso às localidades e tráfego no trânsito”, esclareceu.

A aquisição da segunda subestação móvel faz parte do investimento de R$ 747 milhões do Grupo Energisa em Rondônia para transformar a infraestrutura elétrica da região. O equipamento contribuirá para alavancar a ampliação e construção de 20 subestações neste ano e que já estão em execução.




CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here