O Governo do Estado de Rondônia recebeu do Ministério da Saúde (MS) 70.408 doses de vacina contra a Covid-19, sendo 13 mil da AstraZeneca, a partir da parceria da Universidade de Oxford com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). As demais doses são da CoronaVac, do laboratório Sinovac com a coparticipação do Instituto Butantan.
As primeiras remessas de vacinas enviadas ao Estado de Rondônia estão sendo para imunizar os trabalhadores da Saúde e que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus; os idosos residentes em casa de repouso, acima de 60 anos; pessoas com idade a partir de 18 anos, com necessidades especiais, que moram em instituições; povos indígenas aldeados e os profissionais que atuam com eles.
VACINADOS
Os dados de vacinação estão sendo adicionados à plataforma Painel Covid-19, diretamente pelos municípios, de forma dinâmica. As informações são atualizadas em tempo real. Até o momento, 13.888 pessoas do grupos prioritários já foram vacinadas, sendo 13.420 profissionais da Saúde, 130 idosos institucionalizados e 338 indígenas aldeados. Na página, é possível para acompanhar os índices dos grupos prioritários vacinados de cada município.
COMPOSIÇÃO DAS VACINAS
A CoronaVac é composta pelo vírus inativado que estimula reações do sistema de defesa, que passa a criar anticorpos. O esquema de vacinação exige que a vacina seja aplicada em duas dosagens, com intervalos de 14 e 28 dias. Em Rondônia, o intervalo adotado será 28 dias para quem tomou a primeira dose. “É intramuscular a via de administração e o tempo de validade, após a ampola aberta, é de 8h, com eficácia em torno de 50%”, explica a enfermeira da Coordenação Estadual de Vacinação, da Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa), Eliza Silva Ferraz.
Já a vacina AstraZeneca é um produto de recombinante, que utiliza dois tipos de vírus, um genético e outro para ser alterado geneticamente a fim de ser multiplicado e produzir anticorpos quando administrada a vacina. “O intervalo de vacinação do imunizante é de 90 dias, ou seja, três meses após a primeira dosagem. O tempo de validade após a abertura do frasco é de 6h”, orienta a enfermeira.
Eliza Ferraz esclarece ainda que, quem tomar a primeira dose de uma vacina, faz-se obrigatória a segunda dose do mesmo laboratório. As vacinas devem ser armazenadas em temperatura de 2 °C a 8 °C . As pessoas que já tomaram ou ainda vão ser imunizadas seguirão o Plano de Vacinação.


CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here