Cemetron instala túnel de descontaminação para profissionais de Saúde

0
23

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) conta agora com uma ferramenta potente para auxiliar no combate ao coronavírus. Acaba de ser instalado no Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetro), em Porto Velho, um túnel de descontaminação capaz de eliminar mais de 90% do vírus causador da Covid-19.

Segundo o secretário da Sesau, Fernando Máximo, o protótipo será usado, nesse primeiro momento, apenas por profissionais da saúde que atuam na linha de frente de combate ao novo coronavírus. “Esse é mais um reforço para a saúde pública do estado. Esse túnel elimina até 92% do vírus presente nas roupas e sapatos dos profissionais de saúde que diariamente atuam nas unidades”, destacou o secretário.

O Cemetron é o primeiro do Estado a receber este tipo de equipamento inovador. O protótipo foi desenvolvido por pesquisadores de Rondônia, por meio de uma parceria entre o governo do Estado, a Sesau, a Fundação de Amparo ao Desenvolvimento Das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa (Fapero), a Associação de Pesquisadores da Região Norte (Apreno) e a Universidade Federal de Rondônia (Unir).

COMO O TÚNEL FUNCIONA

Segundo o diretor da Fapero, Leandro Dill, o túnel possui uma tecnologia capaz de pulverizar, em segundos, um indivíduo por vez. O jato pulverizador é composto por uma solução composta de quaternário de amônio, que é um desinfetante de alta eficácia que não agride as vias respiratórias. O protótipo é feito com material de lona, em uma estrutura de 2,5 metros de altura e possui, ainda, um sensor que lança a substância no momento que o indivíduo passa pelo túnel.




CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here