Casos de violência contra a mulher disparam em PVh

0
186

O final de semana foi marcado por ocorrências de violência contra a mulher em Rondônia. A violência contra a mulher é todo ato que resulte em morte, lesão física, sexual ou psicológica de mulheres, tanto na esfera pública quanto na privada. No sábado (2), Raimundo M. S., de 36 anos, foi preso após surrar a esposa de 33 anos motivado por ciúmes. As agressões ocorreram em um condomínio na estrada do Santo Antônio, bairro Triângulo, região Central de Porto Velho.

De acordo com relatos da ocorrência, a mulher tinha saído com a filha de 8 anos e ao retornar para o apartamento, o marido estava altamente enfurecido. O homem acusava a mulher de estar o traindo. Raimundo pediu para a esposa tirar as roupas para ver se ela tinha mantido relações sexuais com outro homem.

A vítima se recusou e passou a ser agredida com socos, enforcamentos e ameaçada de morte com uma faca. A mulher foi arrastada da sala até o quarto e novamente agredida. Em dado momento, ela conseguiu se soltar e correu, porém, ao ser segurada nos braços pelo marido e impedida de sair acabou desmaiando.

Ela foi socorrida por vizinhos e a Polícia Militar acionada. Raimundo recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes.

No domingo


O domingo (3) também foi marcado por espancamentos estupros e cárcere privado. Cleuter F. S., de 42 anos, foi preso acusado do crime de lesão corporal contra a filha de 17 anos em uma residência na comunidade Vila Princesa, na BR-364, sentido Jaci-Paraná, em Porto Velho.

Consta na ocorrência, que o homem chegou em casa em visível estado de embriaguez e passou a danificar objetos do imóvel. Em seguida, ele tentou agredir a esposa e quando foi impedido pela filha partiu para cima dela com empurrões e violentos enforcamentos. A Polícia Militar foi chamada e deu voz de prisão ao suspeito.

Brutal

Uma jovem de 25 anos foi brutalmente agredida e teve o braço fraturado pelo ex-marido, Francisco R. O., de 32 anos, preso em flagrante. O crime ocorreu em uma residência no bairro Cascalheira, zona Leste de Porto Velho.

Conforme o boletim de ocorrência, o suspeito invadiu a residência e passou a agredir a vítima com golpes de capacete e socos no rosto. Não satisfeito, Francisco atacou a ex com um cabo de rodo, provocando fratura no braço esquerdo dela. Após o crime, ele fugiu do local, mas logo depois foi preso por uma equipe da PM que havia sido acionada. A jovem foi socorrida e permaneceu internada no hospital João Paulo II. A motivação do crime seria porque o suspeito não se conforma com a separação.

Agressores não se intimidam com a presença da PM

Emerson C. A., de 32 anos, foi preso após agredir uma mulher de 28 anos, durante uma festa entre amigos, em uma residência localizada no bairro Eletronorte, na zona Sul de Porto Velho.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima contou aos policiais que no local estava havendo uma confraternização entre amigos e já no fim da festa ela chamou sua madrasta para levar a aparelhagem de som. Neste momento, Emerson não gostou da atitude e foi tirar satisfações com ela. Com raiva, ele agrediu a vítima com vários tapas em seu rosto, mesmo ela estando com sua filha de cinco meses no colo.

A filha da madrasta da vítima ao tentar defender a mulher acabou sendo agredida também. A polícia foi acionada e quando chegou ao local Emerson confessou aos policiais que teria agredido a vítima e recebeu voz de prisão.

Cruel

Gleidson O. S., de 32 anos, é suspeito de agredir e manter a esposa de 35 anos em cárcere privado em uma residência no bairro Mariana, região Leste de Porto Velho. Segundo o boletim de ocorrência, a vítima informou que o esposo a mantém em cárcere, proibindo inclusive de visitar a mãe dela. o suspeito quis ir comprar mais droga, porém, a jovem não deixou. Tomado pela fúria, o homem atacou a mulher com vários socos na cabeça e rosto. Ela sofreu sérios hematomas e mandou o filho de 10 anos pedir socorro. Uma guarnição da PM foi ao local e prendeu Gleidson em flagrante.

Estrupo

Um homem de 27 anos foi preso suspeito de estupro de vulnerável contra uma adolescente de 13 anos em uma residência no bairro São Francisco, zona Leste de Porto Velho. Uma jovem de 19 anos também foi detida.

De acordo com o boletim de ocorrência, a adolescente e a jovem estavam em um bar, quando combinaram um programa sexual com o suspeito no valor de R$ 150,00 para cada uma. Elas foram para a casa do ‘cliente’ e após manterem relação com o homem, ele teria se recusado a pagar a quantia e ainda trancou o portão da residência, impedindo-as de sair. A jovem acionou a PM e uma guarnição foi ao local. O homem confessou que realmente não queria pagar o valor combinado, mas alegou não saber que a adolescente tinha apenas 13 anos.

Diante dos fatos, o suspeito e a amiga da adolescente acabaram presos e levados para a Central de Flagrantes.

Valentão

Raimundo N . N. S., um valentão de 40 anos se deu mal horas depois de agredir e a mulher de 25 anos, e seus filhos em uma residência na rua Costa e Silva, no município de Candeias do Jamari. O homem foi amarrado e agredido por populares.

A vítima contou aos policiais que na manhã de domingo teria sido agredida pelo homem e estava com vários hematomas.

Após agredir a vítima, Raimundo fugiu do local e depois retornou várias vezes durante o dia dizendo que iria esfaquear ela e seus filhos. Na madrugada, ele voltou até a casa da vítima e fez novas ameaças.

Populares presenciaram as ameaças e com medo que algo de pior acontecesse com a mulher e seus filhos, seguraram o homem, o amarraram e o agrediram até a chegada da polícia.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here