Diante da temporada de tosses e espirros que se aproxima, o Ministério da Saúde já deu início desde o último dia 10 à Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. A meta é vacinar 58,6 milhões de brasileiros e, com isso, evitar mortes e complicações por essa doença.

Em Ji-Paraná a campanha será deflagrada na próxima segunda-feira (15) e se estenderá até o dia 31 de maio com a meta de imunizar 25 mil pessoas na cidade.

Devem procurar um dos pontos de vacinação, gestantes, mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias, profissionais da saúde, idosos, professores de escolas públicas e privadas com declaração ou crachá, pessoas que tenham doenças crônicas e que tenham encaminhamento médico, e crianças de seis meses até cinco anos.


ESTE ANO COMEMORAM-SE os 20 anos do início das campanhas de vacinação contra o vírus da gripe (influenza), realizadas pelo Ministério da Saúde. Ao longo das duas décadas, muita coisa mudou: a quantidade de pessoas que integram o público-alvo da vacina só cresceu, bem como o número de doses oferecidas e as cepas de vírus utilizadas na fabricação do produto.

No Amazonas, que apresentou casos da doença antes do previsto, as vacinas começaram a ser distribuídas já em março. O próprio Ministério da Saúde fez um balanço do número de infecções confirmadas até o momento: foram 255 nesse ano, com destaque para as regiões Norte e Sudeste do nosso país.

MELHORIA NA VACINA— Para este ano a composição da vacina mudou para proteger contra as cepas dos subtipos do vírus influenza que mais estão circulando. Além disso, os grupos que terão acesso a ela foram revistos. Se a vacinação é uma medida pra lá de incentivada, o que precisa ser coibido é a disseminação de notícias falsas sobre a gripe. Cuidado com elas!



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.