Câmara emite nota sobre audio de ex-funcionário que vazou nas redes sociais. OUÇA.

0
58

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Câmara Municipal de Ji-Paraná, na pessoa de seu presidente, Welinton Fonseca, repudia o “áudio vazado” que circulou nas redes sociais, onde se ouve o ex servidor comissionado, Jeferson Lima da Silva, falando impropérios, na tentativa de se promover de forma equivocada e incompatível com o decoro do cargo exercido.

O presidente Welinton Fonseca, não compactua com as atitudes de Jeferson Lima da Silva, assim como, não há qualquer veracidade em suas infundadas declarações.

Cumpre esclarecer, que o servidor identificado nos áudios já não compunha o corpo técnico desta Casa de Leis, vez que estava exonerado de suas funções desde o dia 09 de abril de 2021, quiçá, seja por tal razão o teor das suas infundadas declarações.

Torna público, que o servidor exonerado não exercia a função de pregoeiro, pois todo e qualquer procedimento licitatório passa pelos órgãos de controle, dentre eles: Parecer da Procuradoria Jurídica, Parecer do Controle Interno e Autorização de Empenho pelo setor da Contabilidade, bem como, todo e qualquer ato emanada por esta Casa de Leis é publicado no Portal da Transparência, cumprindo assim o princípio da publicidade da gestão pública.


O presidente Welinton Fonseca, presa pela lisura em qualquer procedimento, pelas normas sociais, de conduta e principalmente pelo estado democrático de direito, onde o serviço público deve reger-se pelos princípios instituídos no artigo 37 da Constituição Federal, com seriedade e a liturgia que o cargo exige.

Câmara Municipal de Ji-Paraná

O audio em questão é este a seguir:



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here