Caerd: Governo de Daniel começa semana enfrentando PRIMEIRA GREVE

0
24

O atraso nos salários desde o mês de janeiro é o principal motivo para uma paralisação, por tempo indeterminado, prevista para ser iniciada na próxima segunda-feira por parte dos trabalhadores na Caerd. 
Segundo o Sindicato dos Urbanitários de Rondônia (Sindur), os salários estão atrasados desde janeiro e a diretoria também não cumpre sentenças normativas.

O Governo de Rondônia já anunciou a liquidação da empresa e uma das primeiras ações do novo governador, Daniel Pereira, foi reunir-se com os servidores em busca de soluções, mas não houve avanços.

Ainda não há comentários, seja o primeiro.