VOLUNTÁRIOS E FUNCIONÁRIOS DA APAC DE JI-PARANÁ NA FRENTE DA UNIDADE RECEPCIONAM A CRUZ PEREGRINA

A Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) de Ji-Paraná organizou neste domingo (27) um evento festivo para receber a cruz peregrina acompanhada da imagem de Franz de Castro Holzwarth, um dos fundadores da sistema Apac e que faleceu ao 38 anos em 1981 durante uma rebelião na cadeia pública de Jacareí (SP), quando se ofereceu para ficar como refém no lugar de um policial militar.

“A chegada da cruz representa um reavivamento da espiritualidade entre os recuperandos da Apac, inspirada na morte de Franz, que para nós é considerado um mártir. Isso é muito importante porque muitos eventos foram cancelados por causa da pandemia e aumentou o nosso isolamento da sociedade”, explicou o encarregado de segurança Valmiro Dias.

A caminhada nacional da cruz começou na Apac de São José dos Campos, no último dia11 de setembro e chegou a Ji-Paraná depois de ter passado pela Apac de Porto Alegre (RS). Aqui, ela foi recepcionada com muita alegria e emoção neste domingo, por volta das 16 horas, com voluntários portando balões de gás nas mãos.

Um coral composto por 15 apenados interpretou três canções, seguidas das falas de Roberto Carlos, gerente geral, que discorreu sobre a vida e o legado de Franz de Castro, e do presidente da unidade local, Willen Aguiar, que enalteceu a vocação apostólica dos voluntários que servem a entidade em todo o Brasil.


Na segunda-feira (28), às 10 horas, o evento teve sequência com a celebração de  uma missa pelo padre Paulo, bastante participada por todos os 50 recuperandos da Apac local. A cruz segue nesta quarta-feira (30) para a Apac sediada na cidade de Macau (RN). A peregrinação por todas as 57 unidades do Brasil terminará em 14 de fevereiro, data que registra o trágico assassinato de Franz de Castro Holzwarth.

Veja a seguir as fotos e vídeo da chegada festiva da cruz peregrina:



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here