Aos 38 anos, a história da CDL se confunde com a da própria cidade de Ji-Paraná

0
10

Fundada em 11 de fevereiro de 1983, a CDL de Ji-Paraná busca defender os interesses do empresário em todos os níveis. Mais do que isso, é uma entidade atuante que, desde o início de sua criação, pensa no bem-comum da população e visa o desenvolvimento da cidade.

T.O Almeida Neto foi um dos presidentes da entidade em 1989. Ele faz parte da sua criação e atuou por longos anos na diretoria. O grupo de empresários, na época, buscava segurança para vender à prazo, foi quando se deu início também a uma das formas de pagamento – o crediário.

A SEDE DA CDL FICA NO PRIMEIRO DISTRITO, PRÓXIMO AO MUSEU DAS COMUNICAÇÕES

O ex-presidente relembra a história e se emociona ao falar de uma entidade que é hoje referência nacional. “Na época, nós tínhamos prejuízos por vender a prazo e não conhecíamos os consumidores, foi quando nos juntamos e decidimos criar a CDL e ofertar o SPC Brasil. Enfrentamos muitas dificuldades, mas Graças a Deus deu certo”, destaca.

Os anos se passaram, e foram vários os presidentes que somaram para o crescimento da entidade. Nesta semana em que se comemora 38 anos de existência, há muitos motivos para se comemorar, mas o momento de pandemia impede uma solenidade à altura. E é da forma mais simples, representada com balões, que esta data é lembrada e comemorada por todos que deixaram o legado e por aqueles que se dedicam com a missão de dar continuidade aos trabalhos.

“É motivo de orgulho ver a CDL ativa e se destacando. Nos enche de orgulho. É prova de que todas as pessoas que passaram por aqui somaram as forças e contribuíram para uma entidade próspera e atuante”, ressaltou o ex-presidente.


E é com este papel de servir e colaborar para o desenvolvimento do município que a entidade está representada em inúmeras ações, sejam elas no controle da pandemia, na aprovação do tratamento profilático contra a Covid, em reuniões com o Ministério Público para que houvesse a flexibilização das atividades comerciais durante decreto de isolamento restritivo e tantas outras ações como a conscientização dos empresários para aderir às medidas de proteção no ambiente interno do estabelecimento.

A entidade abraçou a causa, defendeu e defende até o momento que o comércio não é o causador da disseminação do vírus. “A CDL mostrou nesta pandemia, que a força do empresariado é importante e que unidos nós vamos vencer esta crise causada pelo novo coronavírus. É preciso confiar e acreditar que tudo isto vai passar”, frisou Osmar Farinácio, diretor administrativo da CDL.

Para o presidente André Moreira, participar dos 38 anos de CDL é motivo de alegria para toda a diretoria que não mede esforços para desenvolver ações que vão de encontro com as necessidades da classe empresarial e que busca oferecer soluções para nossos associados. “A CDL de Ji-Paraná está bem organizada e é considerada referência em nível nacional. É uma entidade atuante e solícita que busca participar dos projetos que vão de encontro para o bem-comum de toda a população”, enfatizou o presidente.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here