Anderson Silva ganha pontos e rompe longo jejum de vitórias

0
61

Anderson Silva contrariou as estatísticas e, mesmo aos 41 anos encarou o oito anos mais jovem Derek Brunson, vencendo-o por pontos e colocando fim ao jejum de mais de quatro anos que o separava de seu último triunfo no octógono. E com tanta pressão para fazer as pazes com a vitória, o spider (aranha) caiu no choro ao ter seu nome declarado no microfone após a disputa, o que dificultou até mesmo seu próprio discurso.

Mais inteiro e recuperado da emoção que tomou conta do octógono, Anderson conseguiu analisar o momento em conversa com os jornalistas e garantiu que a felicidade foi a maior motivadora da cena que rapidamente gerou comoção entre os fãs nas redes sociais. “Tem uma coisa apenas. Estou muito feliz, amo lutar. As vezes, quando pessoas falam comigo e perguntam porque eu não paro, eu digo porque isso é meu coração, minha vida. Quando estou no octógono, volto aos meus 30 anos e apenas me divirto”, declarou, sorridente. “Foi gratificante, sou um atleta feliz com o meu trabalho. Lutador completo. Acho que passei por todas as turbulências e emoções possíveis nesse esporte. A felicidade de estar lá fazendo o que amo não tem preço”, completou.

Entre outros fatores, como quebrar o jejum de vitórias e poder reunir velhos amigos em seu corner, o atleta contou com uma mudança curiosa em um de seus rituais pré-combates. Depois de anos entrando nos ginásios do UFC ao som de ‘Ain’t No Sunshine’, música da década de 70 escrita por Bill Withers, o Spider inovou. Retribuindo a homenagem em forma de música feita pelo filho Khalil, o ex-campeão caminhou em direção ao octógono com a trilha ‘Doom’, recém-lançada pelo garoto que também o acompanhou em todos os momentos ao longo da semana.

“Estava muito feliz em poder fazer o que eu gosto. Mas está chegando cada dia mais perto de parar como lutador. Mas é o meu ar. Estar com meus filhos… As vezes acho que erro como pai, não sou perfeito. Estou feliz de eles poderem viver esse momento comigo”, finalizou.

Confira imagens do combate:


 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here