Neste sábado, dia 15 de abril de 2017, o jornal Alto Madeira atingiu uma marca que somente outros 29 periódicos no País detêm até agora. Ele completou a longeva idade de 100 anos circulando em Rondônia e, para marcar a data, a publicação organizou uma exposição  na Casa de Cultura Ivan Marrocos, em Porto Velho, com um amplo acervo de fotografias de momentos importantes da capital e do estado. Também estão disponíveis para os visitantes exemplares memoráveis do jornal cobrindo momentos vitais da história local, máquinas de escrever, móveis e outros objetos nostálgicos. A mostra fica aberta à visitação pública até o dia cinco de maio. 

A EXPOSIÇÃO FICARÁ ABERTA À DISPOSIÇÃO PÚBLICA NA CASA DA CULTURA IVAN MARROCOS ATÉ CINCO DE MAIO

Segundo o diretor-geral do Alto Madeira, Euro Tourinho, o público tem a chance de ver na mostra a primeira máquina de impressão e ainda a última utilizada na produção das edições impressas.

Na inauguração da exposição, neste sábado (15), às 19 horas, o grupo musical ‘Projeto Boca da Noite’ animou o ambiente com um repertório variado e ainda tocou o Hino de Rondônia em ritmo de samba. Dois momentos importantes no evento foram o lançamento de um selo em comemoração ao centenário e a apresentação da nova edição do livro escrito pelo irmão de Euro Tourinho, Luiz Tourinho, “Um salto para o pacífico”. Os presentes receberam a obra gratuitamente.

DEPUTADOS E MUITAS OUTRAS AUTORIDADES, JORNALISTAS E CONVIDADOS NA HOMENAGEM NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Também neste dia 15 o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, entregou na capital o troféu de campeão do torneio de futebol disputado em comemoração aos 100 anos do Alto Madeira. O jornalista Euro Tourinho, com 95 anos de idade, foi homenageado por ter sido atleta campeão quando jogava pelo Ferroviário Atlético Clube, em 1950

Sessão solene — As homenagens, no entanto, começaram já no dia 10, segunda-feira, quando os deputados estaduais, numa sessão proposta e presidida pelo deputado Ribamar Araújo (PR), festejaram os 100 anos de atividades do emérito diário. Araújo disse considerar a homenagem ao veículo um dever, por se tratar de uma instituição que faz parte da construção da identidade de Rondônia e do Brasil.


EMOCIONADO, EURO TOURINHO FALA AO PLENÁRIO DA CÂMARA

“O jornal Alto Madeira ajudou no processo de transformação do município e do Estado, influenciando no processo de desenvolvimento econômico e social e reafirmando sempre o compromisso assumido desde a sua primeira edição, que é o de dar voz ao povo”, destacou o deputado na ocasião.

O historiador e jornalista Anísio Gorayeb, de posse da palavra na tribuna, parabenizou o colega Ciro Pinheiro pelos 50 anos de dedicação ao Alto Madeira. Gorayeb destacou, ainda, momentos importantes da trajetória do jornal, mencionando fatos desde a sua fundação em 15 de abril de 1917, por Joaquim Augusto Tanajura, até passagens importantes registradas em suas páginas durante estas dez décadas de existência.  

 A juíza do Tribunal de Justiça de Rondônia, Euma Mendonça Tourinho, homenageou o avô Euro Tourinho ao citar que “o maior título que ela tem e se orgulha é o de ser sua neta”.  Já Gladstone Frota, vice-presidente da Fecomércio, ressaltou que a Federação é fruto do legado de Euro Tourinho e que tem em sua história, a honra de ter tido o presidente do Alto Madeira como presidente e mentor. Membro da Academia Rondoniense de Letras, Abimael Machado, parabenizou o proponente da solenidade o jornal Alto Madeira é disse que o impresso “é a história de Rondônia que surgiu da decisão corajosa de brilhantes homens públicos”.

O PRIMEIRO EXEMPLAR: HISTÓRICO

Após contar um pouco da história do jornal, Machado encerrou declarando que “o jornal Alto Madeira continua cumprindo com o compromisso assumido por Tanajura e mantido grandiosamente por seu atual diretor, Euro Tourinho”.

Após os discursos dos familiares, os deputados Ribamar Araújo e Léo Moraes entregaram a placa de honra a Euro Tourinho que, em seguida, agradeceu a cada pronunciamento dizendo-se extremamente emocionado pelo reconhecimento do trabalho seu e de sua equipe de profissionais.

Em seu discurso Euro Tourinho disse que o Alto Madeira foi é a verdadeira faculdade de muitos jornalistas de Rondônia. “Poucos jornais impressos no Brasil chegaram a essa idade, por isso, todos nós rondonienses, devemos nos orgulhar de contar com o jornal Alto Madeira”, exclamou. Tenho orgulho de ter iniciado minha vida na comunicação, dentro da redação do jornal Alto Madeira”, complementou, emocionado.

A seguir algumas manchetes do jornal Alto Madeira ao longo de sua história:

 

 

 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here