O presidente Laerte Gomes (PSDB), anunciou na manhã desta quinta-feira (14), durante coletiva de imprensa, através de videoconferência, que a Assembleia Legislativa vai utilizar os recursos economizados do seu orçamento próprio, em pouco mais de um ano de sua gestão, para alugar 61 leitos do Hospital do Amor, em Porto Velho, sendo 12 de UTI, para atender os pacientes acometidos pela Covid-19.

Ele anunciou ainda que serão contratadas 13 ambulâncias equipadas com UTI móvel, para atender 12 municípios, e mais 30 mil cestas básicas serão compradas, sendo 10 mil distribuídas ao mês, durante três meses, para atender às famílias em situação de vulnerabilidade. Inicialmente, a projeção é de um investimento em torno de R$ 15 milhões, entre três a quatro meses de ação, recursos oriundos da economia do orçamento próprio, algo em torno de R$ 50 milhões em pouco mais de um ano.

“Esta coletiva é para anunciar que os deputados tomaram algumas decisões, de forma conjunta nesta quinta-feira, para contribuir com o combate à pandemia de Coronavírus. Desde a questão da saúde, como apoio social para as famílias carentes. Esses recursos foram economizados em pouco mais de um ano. Todos unidos, para contribuir com o Estado, nesse momento muito difícil. que atravessamos. Recebemos o sinal verde dos órgãos de controle, para que possamos dar a nossa contribuição”, disse Laerte.

Leitos

O presidente informou ainda que “o primeiro ponto acordado pelos deputados, é a locação de 61 leitos do Hospital do Amor, na capital, sendo 12 leitos de UTI. Todos os profissionais por conta deles, todos os insumos, todos os equipamentos. Com o aluguel de R$ 2 milhões por mês, durante o tempo que durar a pandemia, para atender aos pacientes com Coronavírus. O Governo vai conveniar com o hospital e a Assembleia vai fazer o pagamento”.


Laerte Gomes disse também que “os deputados aprovaram a licitação para a locação de 13 ambulâncias UTI móvel, com motoristas, para atender aos municípios de Vilhena, Cacoal, Rolim de Moura, Pimenta Bueno, Ji-Paraná, São Miguel do Guaporé, Ouro Preto do Oeste, Jaru, Machadinho do Oeste, Buritis e Guajará-Mirim, com uma unidade cada, com aluguel pago por três meses, pela Assembleia, prorrogados por mais 3 meses. Porto Velho receberá duas unidades de UTI móvel”.

ALÉM DISSO, A ASSEMBLEIA  vai adquirir 30 mil cestas básicas, sendo distribuídas 10 mil por mês, durante três meses. “Vamos acompanhar, pode aumentar esse número, de acordo com a necessidade. Vamos entregar ao SOS Rondônia, num trabalho em parceria, coordenado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), com a distribuição pelo Exército Brasileiro, seguindo critérios sociais estabelecidos pelas prefeituras, que farão o cadastro das famílias”.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here