ALARME FALSO – Ivermectina não previne contra a Covid-19, afirma infectologista

0
174

Por Marcos Lock

Esta semana uma notícia que correu pelas redes sociais em Ji-Paraná e região deflagrou uma corrida pela compra do remédio Ivermectina, um conhecido vermífugo adotado no tratamento de infestação por piolhos, sarna, vermes e carrapatos. A procura pela droga ganhou projeção depois que Jair Bolsonaro “recomendou” que, para atacar a Covid-19, vale tomar até Ivermectina.  

A busca pela medicamento certamente foi impulsionada por um outro vídeo publicado no YouTube, no dia 20 de maio, no qual a médica Lucy Kerr diz ter tratado 20 pacientes com Ivermectina e ainda afirmou que o novo coronavírus “tem cura”. Consultada pela reportagem do UOL, Lucy Kerr revelou que a maioria dos pacientes que ela “curou” não fizeram teste de Covid-19 e nem a outra testagem que verifica se o vírus não está mais no organismo.  Ela disse que a comprovação da eficácia do remédio é de observação, apenas. 

O conhecido infectologista Carlos Brickmann reiterou que para ter efeito em seres humanos seriam necessárias doses 30 a 40 vezes ao que é normalmente ministrado, o que certamento, segundo o médico, mataria a pessoa. Ele reitera categoricamente na entrevista em vídeo abaixo que não há nenhuma base científica que autorize o uso da Ivermectina em seres humanos no combate ao coronavírus.

Veja a matéria na íntegra neste link: https://globoplay.globo.com/v/8618345.


 

 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here