Agevisa realiza série de lives para conscientizar sobre combate à sifilis

0
26

O Governo de Rondônia, por intermédio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), realiza uma série de lives que serão apresentadas todas as quartas-feiras do mês de outubro para intensificar a Campanha Estadual em Alusão ao Dia Nacional de Combate à Sífilis e a Sífilis Congênita, comemorado no terceiro sábado desse mês (17), conforme a Lei nº 13.430/2.017 .

O evento tem o intuito de cumprir com as diretrizes e prioridades do Ministério da Saúde nas linhas de atuação e eliminação da sífilis congênita e eliminação da Hepatite C até 2030. Também tem o propósito de imunizar à população com a vacina da Hepatite B, principalmente as mulheres em idade fértil, a fim de prevenir a sua transmissão.

A PRIMEIRA LIVE ACONTECE NESTA QUARTA (7), das 17h às 18h, na página do Facebook da Agevisa, com o tema: “Prevenção Transmissão Vertical do HIV/Aids”. O público-alvo é os profissionais da saúde que atuam na área e acadêmicos, e o público em geral que tenha curiosidade sobre os temas que serão abordados.

A Coordenadoria Estadual de Vigilância Prevenção e Controle da Sífilis, explica que todas as pessoas que tem relação sexual desprotegida pode contrair uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST).  Por isso, o uso da camisinha (masculina ou feminina) em todas as relações sexuais é o método mais eficaz para evitar a transmissão das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais B e C, e ainda serve para evitar a gravidez.

“Importante ressaltar que existem vários métodos para evitar a gravidez; no entanto, o único método com eficácia para prevenção de IST é a camisinha (masculina ou feminina). Orienta-se, sempre que possível, realizar dupla proteção com o uso da camisinha e outro método anticonceptivo de escolha”, esclarece a coordenadora.


A SÍFILIS É UMA DOENÇA  transmitida por relação sexual sem camisinha com uma pessoa infectada, e pode ser transmitida para a criança durante a gestação ou parto. O uso correto e regular da camisinha é uma medida importante de prevenção da sífilis.

O exame recomendado pelo Ministério da Saúde, é o teste rápido para Sífilis, disponível em qualquer unidade de saúde no Estado de Rondônia. A doença tem cura e o tratamento é estabelecido de acordo com a fase da doença, com antibióticos sendo tomados nas doses corretas. “Recomendamos que quaisquer sintomas relacionados à Sífilis, que o usuário procure um profissional de saúde para ter um diagnóstico correto e um tratamento adequado, evitando assim a automedicação. Em relação à gestante, quando detectada a Sífilis, o tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível”, orienta Stella.

PROGRAMAÇÃO DAS LIVES

Dia 7/10 – Abertura

Tema: Prevenção Transmissão Vertical do HIV/Aids

Palestrante: Dra. Maiara Cristina Ferreira Soares (infectologista) e Gladson Denny Siqueira (infectologista)

Dia 14/10

Tema: Prevenção Transmissão Vertical das Hepatites B e C

Palestrantes: Enfª Wanessa Prado (Programa Saúde da Mulher)

Enfª Denise Cavalcante (Programa Saúde da Criança)

Dia 21/10

Tema: Prevenção Transmissão Vertical da Sífilis

Palestrantes: Dra. Arlete Baldez (Manejo Clínico e Vigilância Epidemiológica – RO/Agevisa)

Dra. Soraya Cruz Beleza (epidemiologista do Hospital de Base)

Dia 28/10 – Encerramento

Tema: Ações de Vigilância, Prevenção e Controle das ISTs com foco na Sífilis

Palestrantes: Enfª Lourdes (Presidente do Comitê da Prevenção da Transmissão Vertical -Porto Velho)

Enfº Marcuce Antônio (Associação Beradeiro)

Enfª Ivana Annely Cortez da Fonseca (apoiadora do Projeto Sífilis Não!)



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here