Os agentes penitenciários de Rondônia voltaram a paralisar os serviços. A categoria informa que a paralisação agora é definitiva e é um contra ataque ao governo, que não atendeu o pleito exigido pelos servidores.

Um mês e 12 dias da primeira paralisação pelos agentes penitenciários, cerca de 2.886 servidores voltaram a cruzar os braços. A causa da interrupção dos trabalhos estaria o descontentamento dos agentes com o chefe do executivo, que não teria respeitado o prazo para o envio do projeto de lei, que pede o realinhamento salarial da categoria. Reveja matéria da Rede TV! sobre o assunto:



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.