O projeto para expansão da rede de água potável à comunidade do Km 7 (Setor Industrial) foi apresentado ao presidente da Câmara dos Vereadores (CMJP), Affonso Cândido (DEM), pelo presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Ji-Paraná (Agerji), Clederson Viana Alves.

De acordo com Clederson Viana, os serviços para instalação da adutora de distribuição de água iniciam nesta próxima semana. Serão 2.080 metros de tubos que vão ligar a rede do bairro Santiago (1º Distrito) à comunidade do Km 7. A solicitação foi feita em fevereiro de 2017 pelo presidente Affonso Cândido à Agerji.

“Primeiro foi a energia elétrica que chegou, em 2007 e agora estamos trazendo água de qualidade aos moradores do km 7”, lembrou o presidente da CMJP. A comunidade surgiu no fim da década de 1970 como colônia de funcionários de uma madeireira. Água e luz eram fornecidas de graça até o fechamento da empresa nos anos 2000.

A expansão da distribuição de água da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) vai favorecer até 40 famílias. “Foi feito um esforço da Caerd, porque não havia plano de expansão para a área, para atender à solicitação do presidente Affonso [Cândido]”, garantiu Clederson Viana.

O presidente da Agerji informou que vai marcar uma reunião para explicar o plano de adesão da companhia. Segundo ele, os moradores assinarão contratos com a Caerd para receber o fornecimento de água. “É o mesmo processo que já acontece com a energia elétrica”, comparou.

Viana acrescentou ao presidente Affonso Cândido que será estabelecido atendimento exclusivo no escritório da Caerd para que os novos usuários façam a assinatura dos contratos. A instalação dos canos até os hidrômetros das casas é responsabilidade da Caerd.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here