Aeroporto de Ji-Paraná continua à espera de mais investimentos; passageiros reclamam

0
119

Entre o vai e vem de companhias, somente uma continua operando em Ji-Paraná com uma capacidade de cerca de 120 embarques diários. Situação que poderia ser melhorar com a vinda de outras companhias, o que deixou de ocorrer nas últimas décadas.

Reparos e manutenção da pista de pouso de decolagem, construção de um novo terminal e instalação de equipamentos, como raio X. Alguns itens foram cumpridos , mas outros ainda não saíram do papel. Um novo estacionamento é a promessa mais antiga que se arrasta por mais de 15 anos assim como os investimentos de R$ 11 milhões para a construção de um novo terminal.

É bem verdade que, no ano passado, houve um investimento de R$ 465 mil para a reforma do terminal de embarque e desembarque do aeroporto, reparos estruturais no prédio, substituição do forro, do telhado e do piso do saguão. Mas há muito o que fazer.


O terminal, que atende toda a região central de Rondônia, é administrado pela empresa Aucon Tecnologia, a mesma que administra o aeroporto de Cacoal e Vilhena. Quem utiliza essa estrutura também reclama do sistema de refrigeração que funciona em situação precária e da falta de assentos. 

Reveja matéria da Rede TV de Ji-Paraná a respeito:



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.